Repórter News - reporternews.com.br
Tecnologia
Sábado - 03 de Abril de 2004 às 11:56
Por: Folha Online

    Imprimir


À medida que os scams --golpes aplicados por e-mail e outros meios eletrônicos-- aumentam, as companhias de segurança começam a reforçar suas ferramentas para barrar as ameaças dos micros. E não basta alertar os internautas, pois eles ainda assim caem nos golpes.

Os golpes por e-mail e pela internet têm circulado por anos, mas apenas nos últimos meses é que eles começaram a chamar a atenção das grandes empresas que estão na web. As fraudes estão cada vez mais sofisticadas e numerosas, imitando com perfeição páginas de bancos e outras empresas.

"O que costumava ser um trote agora está sendo utilizado como algo lucrativo e tem atraído esquemas organizados", disse Bill Harris, presidente da PassMark Security e ex-diretor da PayPal --empresa americana que oferece soluções de pagamento pela web.

Para lidar com o problema, foi formado até mesmo um grupo de combate às fraudes, chamado de "Anti-Phishing Working Group".

Segundo a organização, foram identificados 282 novos golpes em fevereiro, contra 176 fraudes registradas em janeiro. A maioria (70%) partiu de computadores da Europa e da Ásia, disse David Jevans, presidente do grupo.

Barra antifraude

Segundo as empresas de segurança, ferramentas para combater o scam devem ser adicionadas em breve a aplicativos antivírus. Programas contra os golpes também estão sendo desenvolvidos para serem usados na proteção de dados confidenciais de bancos e outras empresas do setor financeiro.

Uma dessas ferramentas é uma barra que fica integrada ao browser, semelhante às oferecidas por sites como o Google, MSN e o Yahoo!. Só que em vez de oferecerem mecanismos de busca, as barras antifraude vão alertar o internauta sobre a confiabilidade do site visitado.

A princípio, os próprios sites vítimas de golpes --como os bancos-- podem desenvolver essa ferramenta. Mas a tendência é que empresas de segurança criem ferramentas unificadas, que consigam reconhecer fraudes em sites de diversas companhias.




Fonte: Com Associated Press

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/387133/visualizar/