Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Terça - 30 de Março de 2004 às 11:49
Por: Gerusa Marques

    Imprimir


Brasília - O vice-presidente da Telefônica, Eduardo Navarro, disse em audiência pública na Comissão de Fiscalização e Controle do Senado, que a proposta apresentada pela Telefônica, Telemar, Brasil Telecom e Geodex para a compra da Embratel estimula investimentos e a competição. "Sempre foi precondição para nós que essa operação esteja em linha com o regulamento e com o direito econômico", afirmou.

Segundo ele, a reestruturação da Embratel, proposta pelas empresas, desconcentraria o mercado de transmissão de dados. Navarro explicou que este mercado, como a internet banda larga é dominada atualmente pela Embratel, que detém mais que o dobro de clientes que o segundo colocado desse mercado. Eduardo Navarro lembrou ainda que os serviços de telefonia fixa local e de longa distância, de acordo com a proposta do consórcio, seriam exercidos pela Geodex.

Ele disse também que o consórcio ofereceu ao governo o controle dos serviços de satélite, por meio de uma golden share. O executivo disse que a proposta financeira apresentada pelo consórcio está US$ 150 milhões acima da proposta apresentada pela empresa mexicana Telmex, que também disputa a compra da Embratel. Para Navarro a proposta é mais vantajosa para os acionistas minoritários da empresa.




Fonte: Estadão.com

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/387251/visualizar/