Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Terça - 16 de Março de 2004 às 10:14
Por: Marcilio Souza

    Imprimir


São Paulo - O jornal espanhol El País divulgou hoje uma reportagem informando que cinco novos marroquinos foram presos e dois indianos suspeitos, libertados. Segundo o jornal, um dos suspeitos dos atentados em Madri foi reconhecido pelos sobreviventes dos ataques.

O porta-voz do Ministério do Interior, Juán de Diós, não confirmou as informações. Os indianos Vinay Kohly e Suresh Kumar eram suspeitos de ter vendido cartões telefônicos para três marroquinos presos. As bombas foram disparadas por telefones celulares, e as investigações foram capazes de encontrar e prender três marroquinos e os dois indianos no sábado, porque um cartão de telefone celular foi encontrado em uma bomba que não explodiu e rastreado.

O investigador francês Jean-Charles Brisard, enquanto isso, disse à Associated Press que encontrou uma ligação direta entre o suspeito marroquino preso Jamal Zougam e Mohamed Fizazi, líder espiritual de um grupo extremista suspeito de envolvimento em um atentado suicida a bomba ocorrido no ano passado em Casablanca, no Marrocos, quando 45 pessoas morreram. Zougam já havia sido identificado pelo juiz espanhol Baltasar Garzón como seguidor de Imad Yarkas, suposto líder da célula da al-Qaeda e que permanece preso sob suspeita de ter ajudado a planejar os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 nos EUA.

Em uma ligação com Yarkas monitorada pela polícia espanhola em agosto de 2001, Zougam disse que havia se encontrado com Fizazi, que esteve entre 87 sentenciados no atentado no Marrocos. Fizazi recebeu uma pena de 30 anos. As informações são da agência Dow Jones.




Fonte: Agência Estado

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/387322/visualizar/