Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Quarta - 10 de Março de 2004 às 10:23

    Imprimir


O senador John Kerry venceu ontem as primárias em quatro Estados do sul dos Estados Unidos - Flórida, Louisiana, Mississippi e Texas. Com o resultado, ele obteve mais 465 delegados para a convenção democrata.

Kerry recebeu 77% dos votos na Flórida e 74% no Mississippi. Nos Estados do Texas e Louisiana, o senador por Massachusetts deve obter mais de 60% dos votos.

Na Superterça, em 2 de março passado, quando o senador John Edwards abandonou a corrida democrata, Kerry praticamente garantiu a indicação do partido para enfrentar o presidente republicano George W. Bush nas eleições presidenciais de 2 de novembro.

Kerry já garantiu 1.362 delegados dos 2.162 necessários para formalizar a indicação. No total, 4.322 delegados participarão da Convenção Nacional Democrata, no final de julho.

As primárias deram a Kerry uma oportunidade de avaliar sua candidatura em uma região de 13 Estados na qual o presidente republicano George W. Bush venceu com facilidade quatro anos atrás.

O sul já foi um sólido bastião democrata, e nenhum candidato do partido chegou à Casa Branca nos últimos 50 anos sem o apoio de pelo menos alguns Estados da região.

Os republicanos chegaram à vitória com o sul na eleição do presidente Ronald Reagan, em 1980, e se fortaleceram. O ex-vice-presidente democrata Al Gore não conseguiu o apoio do sul na corrida presidencial de 2000, perdendo inclusive em seu estado, Tennessee.

Apesar dos democratas terem perdido posição por causa de suas opiniões em temas como o controle de armas e o aborto, eles enxergam novas oportunidades em uma região que tenta recuperar-se do colapso de sua indústria e dos altos índices de desemprego.

Em um ato eleitoral em Tampa, Flórida, Kerry insistiu em sua promessa de recuperar os três milhões de postos de trabalho perdidos desde que os republicanos chegaram ao poder, há três anos, além de ressaltar que pretende evitar a exportação de empregos.

"Em novembro deixaremos claro que a única pessoa nos Estados Unidos da América que merece ser demitida é George W. Bush", declarou. No início da disputa interna do Partido Democrata, Kerry se viu em maus lençóis quando insinuou que era um erro pensar que um democrata perderia a presidência se não desse atenção ao sul.

Porém, depois ele declarou que havia falado "matematicamente" e não estrategicamente. Agora, os analistas políticos especulam que ele poderia buscar um político do sul para ser seu companheiro de chapa e conseguir projeção no sul.

Entre os possíveis candidatos democratas à vice-presidência o mais citado é o senador pela Carolina do Norte John Edwards, único rival de Kerry com algum peso que ainda estava na disputa, mas que atirou a toalha depois de seu desempenho ruim na "superterça". Outro político cotado é o senador pela Flórida Bill Nelson.

Alguns analistas acreditam que a Flórida, fundamental para a eleição de Bush em 2000, é a melhor esperança dos democratas para voltar a vencer na região. Susan MacManus, professora de Ciências Políticas da Universidade do Sul da Flórida em Tampa, diz que este Estado estava dividido igualmente entre republicanos e democratas.

A Flórida também é mais cosmopolita do que seus vizinhos e possui uma grande quantidade de pessoas que se aposentam e decidem morar no estado. "A Flórida não é um estado sólido do sul. É um caldeirão de americanos", disse MacManus.

Os democratas ainda se sentem incomodados pela forma com que os republicanos venceram a eleição de 2000. Bush obteve uma vitória apertada na Flórida, com uma margem de 537 votos, depois de uma série de recontagens e impugnações que chegaram à Suprema Corte.

Porém, NacManus disse que qualquer esperança de que essa eleição suspeita pudesse fortalecer os democratas da Flórida desapareceu em 2002, quando Jeb Bush, irmão do presidente, conseguiu a reeleição como governador do Estado. "Se pensam em olhar para trás, até 2000, e não para frente, 2004, vão perder", disse.




Fonte: AFP

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/387338/visualizar/