Repórter News - reporternews.com.br
Cultura
Quarta - 10 de Março de 2004 às 10:01
Por: Deisy Boroviec

    Imprimir


O governador Blairo Maggi receberá na tarde de quarta-feira (10/03), 16h, representantes do Grupo Monsanto, empresa de biotecnologia, que doará R$ 439,4 mil para a restauração do Patrimônio Histórico Mato-grossense. O valor será usado na restauração da igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, em Cuiabá, que estava interditada desde o ano passado por falta de segurança.

A igreja de São Benedito, nome mais conhecido pelos cuiabanos, é a mais antiga da Capital, construída por volta de 1723. Segundo Rodrigo Almeida, diretor de Assuntos Corporativos da Monsanto, a verba faz parte de uma série de ações que a empresa pretende desenvolver em Mato Grosso, onde instalou, em fevereiro de 2003, sua mais nova estação de pesquisa em melhoramento genético de soja.

Membros do Instituto Histórico e Geográfico do Estado de Mato Grosso vão supervisionar a obra e administrar os recursos. "Para isso, constituímos uma comissão, formada por nosso conselho fiscal, que vai acompanhar a liberação de recursos. Outra vai acompanhar não só a execução da obra, mas a aquisição de materiais. Vamos emitir balancete mensal em cima das informações dessas comissões, que seguirão para a Monsanto e para o Governo do Estado", disse o presidente do Instituto, João Carlos Ferreira.

A igreja é toda feita em taipa, está com diversas rachaduras e necessitando de reparos em seu revestimento, cobertura, pintura e piso, entre outros itens. Em 1970 ela passou por uma reforma para ter sua arquitetura inicial recuperada, já que sua forma original já havia sido desfeita no passado. "Esta contribuição da Monsanto, unida a outras parcerias e doações, ajudará a preservar nossa História", enfatizou o secretário de Estado de Cultura, Benedito Paulo de Campos.

A Coordenadoria do Patrimônio Histórico da Secretaria de Cultura do Mato Grosso, que tem por função preservar os bens tombados pelo Estado, também acompanhará a obra, tombada pelo Estado e União, juntamente com a Coordenadoria de Projetos de Restauração.




Fonte: Redação/Secom-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/387339/visualizar/