Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quinta - 04 de Março de 2004 às 17:49

    Imprimir


Tangará da Serra terá uma nova Cadeia Pública. O prefeito Jaime Muraro e o secretário adjunto de Justiça e do Sistema Prisional, Sebastião Ribeiro da Silva Filho estiveram reunidos hoje, na secretaria de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP), fechando os últimos detalhes da parceria.

“O governo do Estado, através da secretaria de Justiça e Segurança Pública vai entrar com os recursos e a contrapartida do município virá com a doação do terreno”, explicou o secretário.

De acordo com Sebastião Ribeiro, a intenção da SEJUSP é transferir a Cadeia Pública para um local mais afastado do centro da cidade.

Com 40 vagas, a Cadeia Pública de Tangara da Serra já chegou a ter 90 presos. Em agosto do ano passado, a superintendência do Sistema Prisional fez um laudo pericial da situação da unidade que funciona ligada às Delegacias Municipal e Regional da Polícia Judiciária Civil. A Casa do Albergado também funciona no mesmo espaço junto com uma cela feminina.

As condições físicas do prédio, naquela época, não eram satisfatórias. Com oito (08) celas algumas apresentavam infiltrações, as guaritas estavam em condições precárias e existiam problemas nas instalações elétrica e hidro-sanitárias. Um projeto da SEJUSP previa a construção de sala de aula, ambulatório e biblioteca, além da ampliação do número de celas.

Com a última rebelião, ocorrida em 02 de fevereiro, que acabou agravando as condições já precárias do prédio, a SEJUSP dará início a restauração e ampliação da estrutura física da unidade. “Até que as obras da nova Cadeia Pública sejam concluídas, precisamos dar condições de habitabilidade aos presos que lá se encontram”, salientou o secretário adjunto.

No total, a SEJUSP vai investir R$ 149 mil. Uma parte desse recurso será utilizada na ampliação do número de celas para a implantação de celas destinadas às mulheres e adolescentes e ampliação das instalações das Delegacias. A outra parte será utilizada na restauração dos danos causados pela rebelião.

De acordo com o secretário adjunto de Justiça e do Sistema Prisional a previsão da SEJUSP é de que até o início do mês de abril a questão do terreno esteja resolvida. A nova Cadeia será instalada num terreno de 12 hectares e terá capacidade para 100 vagas.




Fonte: Diario da Serra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/387396/visualizar/