Repórter News - reporternews.com.br
Noticias da TV
Quinta - 04 de Março de 2004 às 17:29

    Imprimir


As fitas de áudio da princesa Diana, cujo conteúdo foi divulgado hoje pela rede de TV americana NBC, revelam uma celebridade que, apesar de amada, lutava secretamente contra a bulimia e idéias suicidas. "A vida pública é muito diferente, obviamente, da vida particular", disse Diana nas fitas gravadas em segredo em 1991 por um intermediário para o biógrafo da realeza Andrew Morton.

"Quanto à vida pública, queriam uma princesa encantada, que os tocasse e transformasse tudo em ouro e todas as suas preocupações seriam esquecidas", afirmou Diana. "Eles não percebiam que... o indivíduo estava se crucificando por dentro, porque não achava que fosse bom o suficiente", continuou.

A luta de Diana contra a bulimia veio a público em 1986, quando ela desmaiou durante uma viagem com o príncipe Charles ao Canadá. Publicamente, fontes oficiais atribuíram o desmaio à fadiga, mas, em particular, ela disse que Charles estava aborrecido com ela. "Meu marido me repreendeu", contou a princesa. "Ele disse que eu poderia ter desmaiado secretamente em outro lugar, atrás de uma porta. Isso tudo foi muito constrangedor... E, no fundo, eu sabia que havia algo errado comigo, mas era muito imatura para falar a respeito", continuou.

Ao comentar uma tentativa de suicídio, em 1982, Diana descreveu um Charles frio e distante. Grávida de três meses e sentindo-se péssima com a crise no casamento, Diana disse ter tentado conversar com Charles e ameaçado se suicidar.

"Então me joguei pelas escadas, consciente que estava carregando uma criança. A rainha apareceu, absolutamente horrorizada, tremendo de tão nervosa. Eu sabia que não ia perder o bebê, apesar do machucado em volta do estômago, e Charles saiu para cavalgar. Depois, quando ele voltou, você sabe... foi um descaso, um descaso total".

Diana e seu namorado, Dodi Fayed, morreram num acidente de carro, em Paris, em 1997, um ano depois da princesa se divorciar do príncipe Charles




Fonte: AFP

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/387398/visualizar/