Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 02 de Março de 2004 às 16:48
Por: Pamela Muramatsu

    Imprimir


Ana Martinha Silva, 127 anos, certificada como a mulher mais velha do Brasil pelo Livro dos Recordes Brasileiros, recebeu, nesta terça-feira (02.03), o primeiro pagamento da pensão especial que o Governo de Mato Grosso concedeu-lhe. A centenária sacou o valor de R$ 2,4 mil, referente ao pagamento integral da pensão do mês de fevereiro e uma diferença do mês de janeiro. Por mês, a mulher mais velha do Brasil receberá o valor de R$ 1,4 mil.

A secretária de Estado de Trabalho, Emprego e Cidadania, Terezinha Maggi, acompanhou Ana Martinha à agência do Banco do Brasil do bairro Distrito Industrial para repassar o dinheiro. A centenária abriu uma conta no banco para o depósito da pensão. O superintendente do Banco do Brasil, Dan Conrado, também esteve presente e cuidou dos procedimentos burocráticos para o repasse do dinheiro. A pensão especial foi concedida a Ana Martinha por meio de um projeto de Lei, aprovado pela Assembléia Legislativa.

Ana Martinha estava muito satisfeita e conversou com a imprensa local durante a ocasião. Ela afirmou que utilizará o recurso para alimentação, já que não gasta nada com os remédios, que são doados pelo Governo. "Também acho que vou comprar um carro", completou a senhora.

Segundo a secretária Terezinha Maggi, com este salário mensal dona Ana Martinha poderá terminar a velhice decentemente. "Nós temos a ‘mãe’ do Brasil aqui em Mato Grosso e não podemos deixar de garantir condições dignas de sobrevivência a ela. Agora ela terá uma alimentação balanceada", frisou a secretária. O Governo do Estado também está construindo uma casa nova para Ana Martinha, que atualmente reside no bairro Pedra 90, em Cuiabá.

Dona Benedita, de 70 anos, filha de dona Ana Martinha, acompanhou a mãe ao banco e agradeceu a iniciativa do Governo do Estado de conceder a pensão.

Durante o pagamento, Ana Martinha contava aos presentes um pouco de sua história e lembrava, lucidamente, das diversas fases de sua vida. "Eu trabalhei muitos anos como cozinheira, lembro que meu pai chorou quando veio a notícia da libertação dos escravos", disse a centenária.

Dona Ana Martinha foi certificada como a mulher mais velha do Brasil pelo Livro dos Recordes Brasileiros. O ‘Livro’ pode ser acessado pelo www.rankbrasil.com.br. Ela foi registrada em 24 de agosto de 1880, quatro anos após o seu nascimento, na região de Chapada dos Guimarães. Ela teve nove filhos e adotou oito. Dos filhos biológicos, apenas três estão vivos; um deles, a filha de 70 anos, dona Benedita.




Fonte: Assessoria/Setec

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/387510/visualizar/