Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Segunda - 30 de Novembro de -0001 às 00:00

    Imprimir


No próximo domingo (07.05), em Cuiabá, acontece mais uma edição do Mutirão da Cidadania, desta vez no bairro Jardim Florianópolis e região. Realizado pela coordenadoria de Polícia Comunitária da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), em parceria com a Secretaria de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs) e diversas entidades públicas e privadas, somente este ano (desde janeiro), o mutirão já atendeu 70 mil pessoas, em 17 mutirões realizados em Cuiabá e no interior do Estado.

No interior tem início na próxima quarta-feira a quarta rodada de mutirões no interior do Estado. No dia 10 o Mutirão da Cidadania será realizado em Luciara (dia 10), e depois segue uma intensa programação: em Vila Rica (13), Santa Terezinha (15), Santa Cruz do Xingu (17), Canabrava do Norte (dia 19), Canarana (dia 21), Cocalinho (dia 23), Nova Xavantina (dia 25), Pontal do Araguaia (dia 27). Em junho os mutirões já agendados para o interior do Estado irão beneficiar as localidades de Carlinda, Colíder, Peixoto de Azevedo e Marcelândia.

O mutirão disponibiliza para a população uma série de serviços e atendimentos gratuitos. Durante todo o dia é possível confeccionar gratuitamente documentos como carteiras de trabalho e identidade, CPF, título de eleitor, certidão de nascimento e cartão do SUS (Sistema Único de Saúde), além de serviços como cortes de cabelo, atendimento médico, orientações sobre direitos do consumidor, programas sociais, palestras educativas, apresentações culturais, entre outros.

Os mutirões da cidadania tiveram início em 2003, atendendo aos bairros carentes de Cuiabá. Em 2005, por conta da grande demanda e da grande receptividade dos mutirões, os atendimentos chegaram ao interior do Estado.

“O interior é muito carente, tem dificuldade de acesso a serviços elementares e essa presença do poder público é muito importante. Temos tido uma grande receptividade, em todas as comunidades onde já estivémos”, disse o coordenador de Polícia Comunitária, tenente coronel Wilson Batista.

Até o momento, mais de 100 mil pessoas já foram atendidas pelo projeto Mutirão da Cidadania e, a emissão de documentos é um dos serviços mais procurados (carteiras de identidade ou trabalho, título de eleitor e CPF).

Durante o mutirão, a população tem acesso a um serviço diferenciado. A emissão da segunda via da Carteira de Identidade, por exemplo, que é cobrada, chegando a custar R$ 39,00 no interior do Estado, é feita gratuitamente durante os mutirões de cidadania. De acordo com a coordenadora geral de Identificação da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), instituição sempre presente nos mutirões, ações como essas se transformam num momento importante para a população. ”O mutirão é uma oportunidade para a população carente que precisa emitir a segunda via do documento e que tem a chance de economizar esse valor. Estamos prestando um serviço social relevante e, levando a cidadania até as comunidades mais necessitadas”, disse Telma de Azevedo Silva Moraes.

Os mutirões que acontecem no interior do Estado têm contado com as parcerias das prefeituras municipais e também da sociedade, que se organiza para levar atendimento às populações mais carentes. Este ano já foram realizados mutirões nos municípios de Alto Garças, Alto Araguaia, Itiquira, Ouro Branco, Rondonópolis, Vila Bela da Santíssima Trindade, Pontes e Lacerda e Reserva do Cabaçal .





Fonte: Da Assessoria/Secom/MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/387631/visualizar/