Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Sábado - 13 de Outubro de 2012 às 09:01
Por: KLEVERSON SOUZA

    Imprimir


O presidente da Assembleia Legislativa e secretário-geral do Partido Social Democrático (PSD), José Riva, defendeu a regulamentação para a criação de institutos de pesquisa no país. De acordo com o parlamentar, o Congresso Nacional e a Justiça Eleitoral devem analisar o assunto após as eleições deste ano.

 

Na visão de Riva, deve ser disciplinado o surgimento e atuação dos institutos de pesquisa, responsáveis pela verificação de intenção de voto dos eleitores durante as eleições.

 

“Não dá para permitir a criação de pesquisas de fachada, que fabricam resultado e comprometem uma eleição, pois gera dúvidas no eleitor. Nestas eleições, em determinados municípios, vimos pesquisas onde um candidato aparecia com 30% de frente ao adversário, enquanto outra amostragem apontava resultado bem diferente”, exemplificou.

 

O Congresso Nacional e a Justiça Eleitoral deveriam se debruçar sobre o tema, na avaliação do presidente do legislativo de Mato Grosso, não permitindo que qualquer pessoa possa criar uma empresa e “saia por aí vendendo resultados”, criticou.

 

“Existem institutos sérios, com credibilidade, mas outros são criados e funcionam apenas no período eleitoral. É preciso disciplinar a atuação dessa prática. Algumas empresas que realizam pesquisa de intenção de voto fazem o serviço por encomenda, de acordo com o seu interesse”, afirmou Riva.

 

As empresas deveriam tirar uma licença para atuar, na opinião do deputado e dirigente partidário. “Neste documento, ficaria especificado que os institutos possuem qualificação, com equipe suficiente para realizar amostragem”.

 

Como exemplo da necessidade de disciplinar a atuação dos institutos de pesquisa, Riva também falou sobre a divulgação das pesquisas. “Em alguns municípios, percebemos vários institutos atuando e a publicação do levantamento era feito normalmente. Mas, em Juína, onde apoiamos o candidato vitorioso, Hermes Bergamin (PMDB), não conseguimos divulgar nenhuma pesquisa, por mais correto que fosse o instituto. Mas, que bom que a vontade popular foi feita. O Brasil precisa disciplinar a prática, se não teremos disputas desiguais, muitas vezes protegidas”, salientou. 

 

RECURSOS PARA CAMPANHA – Ao fazer uma avaliação sobre as eleições de 2012, Riva afirmou que em alguns municípios, seu partido perdeu o pleito eleitoral por questões estruturais, como em Cáceres, onde o peessedista Dr. Leonardo Albuquerque, perdeu por pouco mais de 300 votos.

 

“Se quisermos ter eleições justas e limpas, é importante a implementação do financiamento público de campanha. Cáceres foi o retrato disso, pois a maioria da população desejava que o nosso candidato fosse eleito. A democracia precisa ser plena, por isso a necessidade de estabelecer critérios de disputa, pois a estrutura manda muito em um pleito eleitoral”.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/38881/visualizar/