Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Quinta - 11 de Outubro de 2012 às 17:28

    Imprimir


A campanha Cidade Limpa, promovida em Mato Grosso, pelo Tribunal Regional Eleitoral, trouxe resultados positivos para a população, já na sua primeira edição. A adesão maior aconteceu no interior. Em Cuiabá, apesar do mau exemplo de alguns candidatos, foi registrada neste pleito uma redução de 50% do lixo pós-campanha, se comparado com a eleição de 2010. É o que afirma o diretor da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, Renato Correa.

A campanha apresentou bons resultados na região central da capital, em que estavam localizados os grandes colégios eleitorais. Nestes pontos, câmeras do Centro Integrado de Operação de Segurança Pública (CIOSP) ajudaram a Justiça Eleitoral a reforçar a fiscalização. A parceria com a Secretaria de Segurança possibilitou a vigilância em 72 pontos de votação em Cuiabá e Várzea Grande.

Os candidatos com consciência ambiental e respeito ao eleitor optaram por entregar à Justiça Eleitoral os restos dos santinhos, não distribuídos durante a campanha. Todo o material de propaganda eleitoral descartado pelos partidos e candidatos de Cuiabá e Várzea Grande e entregues à Justiça Eleitoral será encaminhado à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionias de Cuiabá (APAE), para fins de reciclagem.

O TRE registrou quantidade significativa de restos de campanha entregues voluntariamente por alguns candidatos, e ainda aguarda mais excedentes oriundos do segundo turno na Capital.

A campanha Cidade Limpa teve adesão de 100% das zonas eleitorais.

Candidatos do interior dão exemplo
Em todo o Estado o TRE buscou conscientizar a população com a mensagem "Candidato que joga santinhos na rua não respeita a sua cidade". No interior do Estado, em diversos municípios, os eleitores foram recepcionados, na manhã de domingo de eleição, com ruas e calçadas limpas.

Em Rondonópolis e Itiquira, a parceria firmada entre a 45ª e 36ª zonas eleitorais proporcionará uma destinação ecologicamente correta ao lixo recolhido resultante da campanha Cidade Limpa.

De acordo com o juiz da 36ª zona, Marcelo Sousa Melo Bento de Resende, grande quantidade de material excedente da propaganda eleitoral realizada pelos candidatos no município foram entregues ao cartório após as 22 horas do dia 6 de outubro.

Na última terça-feira (9) todo o material recolhido foi envidado ao cartório eleitoral de Rondonópolis para ser encaminhado às instituições para reciclagem. Banners de lona de propaganda eleitoral, por exemplo, terão outro destino: serão transformados em sacolas retornáveis.

O mesmo exemplo de civilidade por parte de candidatos e partidos políticos foi constatado em outras cidades como Rondonópolis e nos cinco municípios pertencentes à 18ª zona eleitoral de Mirassol D´Oeste, na região Oeste de Mato Grosso.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/38996/visualizar/