Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quarta - 26 de Fevereiro de 2014 às 07:27

    Imprimir


O presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso, Waldir Julio Teis, reuniu-se, esta tarde, com representantes da Comissão de Acompanhamento das Obras da Copa do Mundo – FIFA – 2014 do TCE, da Secretaria Estadual Extraordinária da Copa do Mundo e empresários do setor da construção civil, e firmou compromisso de que as principais obras necessárias para realização dos jogos da Copa do Mundo em Cuiabá serão entregues até o dia 31 de maio.

Segundo a assessoria, ao colocar empresas e Governo frente a frente, o TCE definiu um plano de ataque para conclusão das obras com a remoção de interferências que estão causando atrasos em algumas obras.

"Nas avenidas tenente coronel Duarte (Prainha) e Historiador Rubens de Mendonça (av. do CPA) onde houve movimentação de terra tudo será recuperado. Existe o compromisso de todos para que as obras sejam finalizadas, existem recursos disponíveis e o Tribunal estará acompanhando através das inspeções in loco", disse o presidente.

Teis também disse que em relação a qualidade das obras serão cobradas as exigências da garantia quinquenal, (cinco anos) benefício previsto no Código Civil, na Lei de Licitações e na Lei das Improbidades Administrativas. "Tudo isso será fiscalizado de acordo com a lei", ressaltou.

As dificuldades que vem sendo encontradas para dar agilidade nas obras, segundo explicou o secretário da Secopa, Mauricio Guimarães e confirmadas pelos empresários é quanto a remoção de interferências das redes de energia, água e de telecomunicações. "Temos vários casos em que as obras estão lentas por causa desses obstáculos. O que fizemos nesta reunião é definir uma agenda com o TCE no sentido de chamar essas empresas e as prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande para resolvermos rapidamente estes problemas". O secretário garantiu o compromisso do Governo e das empresas com a sociedade no sentido de finalizar as principais obras até 31 de maio e de todas as obras até a realização da Copa.

Representando um grupo de nove empresas da construção civil, o empresário Edgar Teodoro Borges, garantiu o comprometimento das empresas. "Com essa parceria com o Tribunal de Contas é possível garantir os prazos para a realização dos jogos da Copa do Mundo em Cuiabá".





Fonte: Só Notícias com assessoria

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/390200/visualizar/