Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Domingo - 13 de Julho de 2014 às 21:46

    Imprimir


Com a aproximação do encerramento da Copa do Mundo, o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, cobrou nesta sexta-feira (11) a conclusão das obras de mobilidade urbana iniciadas para atender ao Mundial da Fifa. Em visita à capital do Rio Grande do Norte, o ex-governador pernambucano tratou o evento da Fifa como um assunto superado e disse que agora o país precisa pensar no futuro.

"A Copa do Mundo passou. Agora, é hora de discutir o Brasil de verdade. O tempo da Copa vai ser avaliado, tem muita coisa para ser renovada e ficaram vários ensinamentos. Espero que as obras [iniciadas para o Mundial] sejam concluídas e as falhas encontradas solucionadas", ressaltou Campos durante agenda eleitoral em Natal.

Na passagem pela capital potiguar, o presidenciável do PSB voltou a criticar o governo Dilma Rousseff, repetindo o bordão de que a petista irá entregar o país "pior do que recebeu". Mais uma vez, ele acusou Dilma de se esconder atrás do marqueteiro e de fazer uma campanha "terrorista" para ganhar votos, ao sugerir que programas sociais como o Bolsa Família podem ser extintos caso a oposição vença a eleição presidencial.

"É uma estratégia terrorista dizer que se não ganhar a eleição o Bolsa Família vai acabar. Isso é conversa fiada. Queremos não só manter o benefício, como ampliá-lo", destacou.

Na tarde desta quinta, o candidato do PSB irá gravar um programa eleitoral e uma entrevista a uma emissora de televisão do Rio Grande do Norte. Em seguida, Campos visitará o arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, na Igreja Matriz da capital potiguar.

De lá, ele seguirá para uma caminhada pelo centro da cidade. O ex-governador encerrará sua agenda no estado com uma entrevista a uma rádio local no início da noite.





Fonte: Do G1 RN

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/398929/visualizar/