Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Quarta - 03 de Outubro de 2012 às 09:59

    Imprimir


Às vésperas da eleição, o ex-diretor do Dnit Luiz Antônio Pagot vira alvo de ataques em Nova Mutum. Acontece que ele teria sido beneficiado pela prefeitura durante a construção de uma mansão, em 2006, quando o município era comandado por Adriano Pivetta (PDT), candidato a prefeito, numa disputa acirrada com o atual gestor Lírio Lautenschlager (PMDB). A denúncia foi feita pela TV Mutum, afiliada do SBT, numa reportagem de 4 minutos.

  A matéria lembra acusação recente feita por um empresário de Lucas do Rio Verde na qual Pagot, que também integrou o staff do Governo como secretário de Infraestrutura, receberia casas e imóveis em troca de obras.

 

-- Mansão que seria de Pagot em Nova Mutum

Mansão que seria de Pagot em Nova Mutum

  O imóvel questionado em Nova Mutum fica na rua das Mangueiras, bairro Bela Vista, estando registrado no nome de Giulianna Vidal Pagot, irmã do ex-diretor. O terreno foi comprado em 12 de setembro de 2006. Acontece que em julho do mesmo ano, 2 meses antes da compra, a prefeitura comprou R$ 627 em tabuado de cedrinho. Na nota consta um aviso: “pedido feito pelo Rui, entregar na casa do Pagot”.

 

  A denúncia contra Adriano acontece 15 dias depois do prefeito Lírio também ser alvo de acusação, divulgada pela TV Cidade, afiliada da Rede TV!, sobre possível compra de votos por meio da entrega de casas.

    Outro Lado

   O RDNews entrou em contato com Adriano, mas o seu celular estava desligado. A reportagem também tentou falar com o assessor jurídico do pedetista, Paulo Taques, mas ele estava em reunião e ficou de retornar a ligação.
 





Fonte: RdNews

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/39973/visualizar/