Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Terça - 02 de Outubro de 2012 às 17:51

    Imprimir


A corretora de imóveis Cleide N. N. S., de 41 anos, registrou Boletim de Ocorrência e denunciou na Ouvidoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) o candidato Guilherme Maluf (PSDB). É que ele usou no programa eleitoral trecho de uma conversa dela com um repórter para atacar injustamente o também candidato Mauro Mendes (PSB).

 

O programa eleitoral foi veiculado na TV na última sexta-feira (28), quando Maluf tentou passar a impressão de que a trabalhadora estaria “desmentindo” a participação de Mauro Mendes (PSB) na construção de 4 mil casas no Residencial Santa Terezinha. O projeto foi viabilizado através de uma parceira da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Governo do Estado e Governo Federal por meio do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

 

A corretora, que prefere não se identificar, alega que foi procurada em seu ambiente de trabalho por uma mulher que disse estar interessada em conhecer o programa “Minha Casa, Minha Vida” e adquirir uma casa no Residencial Santa Terezinha. Em nenhum momento, a jornalista informou que estava fazendo entrevista e que trabalha para alguma campanha. “Eu nem sabia que ela estava filmando, nem gravando. Nada. Ela não tinha nada nas mãos”, frisou.

 

Em outro trecho do áudio, a corretora diz: “político promete, mas não cumpre”. No entanto, Cleide afirma que sua fala foi descontextualizada e nunca se referiu ao candidato Mauro Mendes. “Eu não falei sobre ele. Desde que o Mauro se candidatou pela primeira vez o meu voto sempre foi dele”.

 

Após a exibição do programa na sexta-feira, Cleide disse que foi procurada por familiares para dar explicações sobre o ocorrido. “Eu passei mal a noite toda. Eu tenho pressão alta, pensei que tivesse infartado”, ressaltou. Em reposta à atitude do candidato e da jornalista, a corretora pergunta: “E se eu perdesse meu emprego? Eles iriam me dar outro?”.

 

Entenda o caso

 

No programa eleitoral apresentado no Dia da Independência, 7 de setembro, o candidato Mauro Mendes se apresentou como articulador da construção das 4 mil casa do Residencial Santa Terezinha, enquanto presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT).

 

O projeto foi desenvolvido em parceria com o governo federal, o governo estadual e financiado pela Caixa Econômica Federal. Fica claro também nas imagens que as casas ainda não foram entregues.  De maneira indevida, Guilherme Maluf tentou ludibriar o telespectador ao dizer que Mauro Mendes tentara se promover politicamente com as obras.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/40036/visualizar/