Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Terça - 02 de Outubro de 2012 às 16:17
Por: Welington Sabino

    Imprimir


Mesários convocados ou voluntários que vão trabalhar nessas eleições municipais, além de receber e orientar os eleitores durante a votação, terão a responsabilidade de realizar um minucioso cadastro de todos os eleitores que possuem necessidades especiais de locomoção, ou mobilidade reduzida. A determinação é da Corregedoria Regional Eleitoral que por sua vez segue recomendação da Corregedoria Geral Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

As informações levantadas nestas eleições servirão para a Justiça Eleitoral adequar os locais de votação de acordo com as necessidades dos eleitores no pleito de 2014. O motivo, é que o cadastro de eleitores da Justiça Eleitoral, no que diz respeito à eventual necessidade especial, não é atualizado. A Justificativa do órgão é que na maioria das vezes o título do eleitor e seu cadastro foram confeccionados antes da ocorrência do acidente ou enfermidade que causou a deficiência. Diz que da mesma forma, a maioria dos eleitores não retorna à Justiça Eleitoral para atualizar seu cadastro e informar as suas necessidades especiais.

Para evitar constrangimentos às pessoas, informa o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o cadastramento desses eleitores deverá ser feito de forma consensual, permitindo assim que Justiça Eleitoral adote providências no sentido de cobrar adequações no local de votação, ou mesmo a instalação da seção eleitoral em um espaço físico com maior acessibilidade para os portadores de necessidades especiais.





Fonte: DO GD

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/40048/visualizar/