Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Sexta - 28 de Novembro de 2014 às 10:37

    Imprimir


O Banco Central lança nesta sexta-feira (28) as nove primeiras moedas comemorativas dos Jogos Olímpicos de Paraolímpicos de 2016. Serão uma de ouro, quatro de prata e quatro de circulação comum. Até o início das competições, serão lançadas 36 moedas. As peças homenageiam pontos turísticos do Rio, fauna, flora e música com referências ao esporte.

Neste primeiro lançamento, atletismo e natação – dois dos esportes em que o Brasil mais conquistou medalhas - estarão representados nas moedas. Golfe e paratriatlo, que passam a fazer parte dos Jogos Olímpicos, também terão suas peças.

Moedas de R$ 1 entrarão em circulação comum pela rede bancária. Já as promocionais serão vendidas em embalagens no valor de R$ 13. Para colecionadores, as moedas de ouro – que terão valor de face de R$ 10 – custarão R$ 1.180. A tiragem máxima é de 5 mil por moeda.

As de prata – valor de face de R$ 5 – custarão R$ 195 e terão tiragem de 25 mil por moeda. As de R$ 1, de circulação comum, terão tiragem máxima de 20 milhões por moeda.

O projeto foi desenvolvido pelo Banco Central e Casa da Moeda do Brasil com suporte do Comitê Organizados dos Jogos Olímpicos do Rio de 2016.

Características das moedas
- Moedas de ouro:
Valor de face: R$10
Composição: ouro 900/1000
Diâmetro: 16mm
Peso: 4,4g
Bordo: serrilhado
Acabamento: proof
Tiragem máxima por moeda: 5 mil
Preço de venda: R$1.180,00

- Moedas de prata:
Valor de face: R$ 5
Composição: prata 925/1000
Diâmetro: 40mm
Peso: 27g
Bordo: serrilhado
Acabamento: proof
Tiragem máxima por moeda: 25 mil
Preço de venda: R$195,00

- Moedas de circulação comum:
Valor de face: R$1
Composição: aço inox (núcleo) e aço revestido de bronze (anel)
Diâmetro: 27mm
Peso: 7g
Bordo: serrilhado
Acabamento: comum
Tiragem máxima por moeda: 20 milhões (máximo de 200 mil em cartelas)
Preço de venda (moedas em cartelas): R$13,00





Fonte: Do G1 Rio

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/404793/visualizar/