Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Quinta - 26 de Março de 2015 às 13:21

    Imprimir


Foto: Patrícia Neves/ OD

Decoradora que “fugiu” de Cuiabá causou R$ 800 mil de prejuízo e lesou 78 pessoas

A decoradora Emanuelly Félix se apresentou à polícia no final da manhã desta quinta-feira (26), em Cuiabá, e está prestando depoimento neste momento à delegada Ana Cristina Feldner, da Delegacia Especializada do Consumidor (Decon) de Mato Grosso. Félix fugiu de Cuiabá na última semana e foi denunciada por clientes que haviam contratado seus serviços para festas e casamentos. De acordo com a delegada, a decoradora tinha 78 eventos contratados e causou prejuízos que orbitam entre a faixa de R$ 800 mil.

A decoradora é investigada pelo crime de estelionato e propaganda enganosa. A polícia não descarta a sua prisão. No seu depoimento, Emanuelly Félix afirmou que não tinha a intenção de causar os prejuízos que causou e que tentou fazer empréstimos para recuperar a saúde financeira de sua empresa. Ela alega que não tem dinheiro para honrar os contratos, mas alega que pretende trabalhar para ressarcir os prejuízos causados.

O advogado Sergio Batistela informou que ela não tinha intenção de praticar golpes, negou que sua cliente tenha feito promoções para angariar mais contratos, como chegou a ser ventilado por algumas vítimas, e afirmou que Félix chegou a tentar vender um terreno para conseguir honrar os compromissos firmados com seus clientes.

O sumiço da empresária foi constatado pelos clientes no último dia 18 de março. O fato de ela fechar a sede da empresa instalada no Jardim das Américas também levantou suspeitas e as vítimas passaram a procurar à Polícia para denunciar a situação.

No dia 19 a fan page que ela mantinha em uma rede de relacionamentos também foi retirada do ar. Anteriormente, no entanto, era possível visualizar uma série de questionamentos sobre a localização da empresária e cumprimento dos contratos firmados.

Na última terça-feira, questionada sobre o pedido de bloqueio de bens para ressarcimento às vítimas, Feldner declarou que foram encontradas, até o momento, peças decorativas que já estão em poder da Polícia. Parte do material foi apreendido na última sexta-feira, 20 de março, em uma ação da Polícia Militar. As peças de decoração foram distribuídas em dois caminhões fretados e estavam na região do Grande CPA onde funcionava o depósito da empresa Emanuelly Decorações.





Fonte: Olhar Direto

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/409913/visualizar/