Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Polícia Brasil
Sábado - 04 de Julho de 2015 às 08:24

    Imprimir


O homem preso suspeito de matar o advogado Fernando Félix Ferreira, de 30 anos, desaparecido desde maio na Baixada Fluminense, confessou o crime na delegacia. O corpo da vítima foi encontrado nesta sexta-feira (3) na casa do suspeito, conforme mostrou o RJTV.

De acordo com o delegado Fábio Cardoso, da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense, o assassinato foi motivado pela cobrança de uma dívida.

“Ele confessou todo o crime, que ele teria matado o Fernando Félix porque era advogado dele e havia emprestado a ele mil reais, e estaria cobrando esses mil reais”, contou o delegado Fábio Cardoso ao comentar a confissão de Silas Peixoto de Carvalho, de 55 anos.

Segundo Cardoso, Silas relatou que matou o advogado dentro da própria casa. “Silas teria agredido o Fernando Felix com uma marretada na cabeça, matado o Fernando Felix, e ali na casa dele cortado o corpo, ensacado o corpo e colocado em local de difícil acesso do prédio onde eles moravam”, destacou o delegado.

Fernando estava desaparecido desde o dia 23 de maio, quando saiu de casa, pela manhã, para ir a um hortifruti no Centro de Duque de Caxias. A polícia localizou o corpo dele na casa de Silas, no bairro de Engenho do Porto.

Segundo o delegado Fábio Cardoso, Silas era conhecido da família de Fernando. Ele faria parte de um grupo que extorquiu dinheiro dos pais do advogado.

Silas Peixoto de Carvalho, suspeito de matar o advogado Fernando Félix Ferreira na DH da Baixada (Foto: Marcelo Elizardo/G1)Silas Peixoto de Carvalho, suspeito de matar o advogado Fernando Félix Ferreira na DH da Baixada (Foto: Marcelo Elizardo/G1)





Fonte: Do G1

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/415403/visualizar/