Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Tecnologia
Terça - 07 de Julho de 2015 às 06:10

    Imprimir


Foto: (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

O ZenFone 5 é o vencedor em preço e disponibilidade

O ZenFone 5 é o vencedor em preço e disponibilidade

O RedMi 2, primeiro smartphone da Xiaomi no Brasil, foi lançado com preço baixo e provocação aos concorrentes . A pergunta que fica é: será que o smart chinês vale a pena? Com as especificações técnicas apresentadas pelas fabricantes em seus sites oficiais, colocamos o RedMi 2 frente a frente com seus principais rivais: Moto G, da Motorola, Zenfone 5, da ASUS e Lumia 640, da Microsoft. Confira como cada um se saiu.

Design: Moto G
O RedMi 2 é o menor e também o mais leve entre os aparelhos comparados, com 4,7 polegadas e 133 gramas. Os demais têm 5 polegadas e pesam um pouco mais. O Moto G é o mais pesado, tem 149 g. Com essas dimensões, os quatro aparelhos trazem conforto ao usuário. São fáceis de manusear, podem ser usados com uma só mão e colocados no bolso sem grandes problemas.

O grande diferencial, neste quesito, pode ser o formato do celular e o material do qual ele é feito. A parte traseira do Moto G, por exemplo, é levemente curva e feita de plástico fosco, o que ajuda na hora de segurar o smart. Por isso, ele acaba sendo o preferido neste critério, embora o ZenFone tenha uma aparência mais elegante.

Mas, claro, na hora da escolha, vale o gosto pessoal. Moto G, ZenFone 5, RedMi 2 e Lumia 640 estão disponíveis em diferentes cores, como amarelo, vermelho e azul, além das tradicionais branca e preta.
Tela: RedMi 2

Na resolução da tela, empate entre os aparelhos. Todos têm 1280 x 720 pixels. Pelo tamanho do display e por se tratar de smartphones intermediários, a qualidade é suficiente. É possível assistir aos vídeos com cores vivas e nítidas. Mas como o RedMi 2 é menor que os outros, a densidade de pixels é maior: 312 ppi, conferido maior qualidade ao gadget chinês. Por isso, ele vence no quesito tela.

Por outro lado, Moto G, Lumia 640 e ZenFone 5 têm telas ligeiramente maiores: 5 polegadas, contra 4.7 do RedMi 2. Logo, se você busca imagem maior, talvez valha a pena levar isso em consideração.

Câmera: Empate entre Zenfone 5 e RedMi 2
As câmeras principais e frontais do quatro smarts são parecidas e fazem fotos com 8 megapixels e 2 megapixels, respectivamente - com exceção do Lumia 640, que faz fotos de apenas 0,9 MP na câmera da frente. Todos também possuem modo HDR e opções de soft, como detecção de sorrisos, foco por toque e etc. Quanto à gravação de vídeos, todos filmam em Full HD 1080p com a câmera principal, menos o Moto G (720p).
Já que o Lumia 640 perde terreno na câmera frontal e o Moto G no quesito vídeos, há um empate entre o RedMi 2 e o Zenfone 5 como as melhores opções para o consumidor.

Desempenho: ZenFone 5
Com 2 GB de memória RAM, o ZenFone 5 abre uma enorme e indiscutível vantagem sobre os concorrentes, todos com 1 GB de RAM. Já no quesito processador, o smartphone da Asus também se sai melhor, já que conta com duas versões do Inteldual core: uma de 1,6 GHz - e outra de 1,2 GHz - conhecida pelo baixo consumo e excelente performance.

O processador do Moto G e do Lumia 640 é o mesmo: um Qualcomm Snapdragon 400, com quatro núcleos rodando a 1,2 GHz. O modelo é anterior ao do RedMi 2, Snapdragon 410, que apesar de ter a mesma velocidade, é mais avançado e tem um gerenciamento de consumo x desempenho otimizado - e, claro, trata-se de um processador de 2015, enquanto o 400 é de 2014.

Pensando em memória interna, empate entre todos, com 8GB. O Lumia 640 tem ligeira vantagem já que oferece expansão via cartão de memória para até 128 GB. O Moto G e o ZenFone 5 têm versões de 8 e 16 GB que podem chegar a 32 GB, com cartão microSD. O RedMi 2 só tem a opção com 8 GB, também expansíveis para 32 GB.

Considerando a combinação dos três fatores - processador, RAM e memória interna, quem deve se sair melhor (mais rápido, menos travamentos e consumo otimizado) é o ZenFone 5.

Bateria: Lumia 640

O potencial de bateria é maior no Lumia 640, que tem 2.600 mAh, e promete 20,3 horas de vida útil em tempo de conversação, dando a vitória ao smart da Microsoft. Depois dele estão ZenFone 5 (2.390 mAh), RedMi 2 (2.200 mAh) e, por fim, Moto G (2.110 mAh). Vale lembrar que o smart da Xiaomi tem tela menor, ou seja, um display que gasta menos energia que os demais.

Sistema Operacional: Moto G
Com exceção do Lumia 640, que roda Windows 8.1 (e deve ser atualizado pra o Windows 10 Mobile em breve), os outros concorrentes deste comparativo têm sistemas baseados no Android. Vale lembrar que o Win 8.1 é um sistema já com alguns anos de uso, oferta limitada de aplicativos e em vias de ser "aposentado".
O RedMi 2 usa o MIUI 6, que se parece bastante com a interface do iPhone e tem atualizações semanais. O ZenFone roda Android 4.4 (Kitkat), com atualização prevista para o Lollipop em breve, mas é modificado com a interface ZenUI, que é um pouco confusa.


O Moto G, como outros smartphones da Motorola, se aproxima do sistema “puro” do Google, já com a versão Android 5.0 (Lollipop) de fábrica e, por isso, pode ser considerado o gadget com o melhor software, mais limpo e mais rápido, entre os quatro smarts.

Conectividade: RedMi 2
O mais avançado aqui é o Redmi 2, que oferece a possibilidade do uso de dois chips 4G. Em “segundo lugar” está o Moto G, que tem conetividade 4G, mas para um chip de cada vez. Os demais também são dual SIM e têm acesso à Internet com conexão 3G.

Preço e Disponibilidade: ZenFone 5
O RedMI 2, de fato, é o mais barato entre eles. O preço oficial é R$ 549, mas, na promoção de lançamento, custa R$ 499. Apesar disso, não se sai tão bem na disponibilidade. O smart da Xiaomi ainda não pode ser encontrado no Brasil - apenas em pré-venda, onde o usuário se cadastra para uma "fila". Na data e hora marcadas, será possível comprar apenas 1 smartphone por CPF e o estoque de aparelhos é limitado. O RedMi 2 só será vendido no site da fabricante.




Fonte: Techtudo

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/415532/visualizar/