Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Polícia Brasil
Quarta - 24 de Maio de 2017 às 11:06
Por: Carlos Dorilêo/Folha Max

    Imprimir


O produtor musical D’Stefany Vaqueiro Lima, conhecido como “Didi Latino”, foi assassinado a tiros no Rio de Janeiro na madrugada desta quarta-feira (24). Ele era ex-empresário do cantor Cristiano Araújo e tinha uma grande relação em Mato Grosso, sendo um dos entusiastas e organizadores da gravação do DVD do artista em Cuiabá.

Segundo o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar carioca, o produtor que também já trabalhou com a dupla Humberto e Ronaldo foi encontrado caminhando com a roupa toda ensanguentada pelo acostamento da Rodovia Rio-Santos por volta da meia-noite. Ao constatarem que ele havia sido baleado pelo menos quatro vezes, os militares o levaram até uma unidade médica na região.

Ainda conforme o documento emitido pela PM, o homem foi encontrado consciente, porém não dizia nada “com nexo”. Em seus bolsos haviam apenas o seu passaporte, cartões de crédito e R$ 500 em dinheiro.

Ele recebeu atendimento médico, porém não resistiu aos ferimentos e teve a sua morte confirmada algumas horas depois. As autoridades policiais locais ainda não tem informações de quem efetuou os disparos.

O produtor tinha 32 anos e era natural de Goiânia. Atualmente ele estava morando na cidade de Fortaleza, onde trabalhava com eventos.

Galeria de Fotos





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/424609/visualizar/