Repórter News - reporternews.com.br
Cultura
Sexta - 23 de Junho de 2017 às 08:02
Por: Protásio de Morais | OEMT

    Imprimir


José Medeiros/Gcom-MT

A Orquestra do Estado de Mato Grosso é finalista do 28° Prêmio da Música Brasileira, a mais importante premiação musical do país, em duas categorias: Melhor Álbum Instrumental e Melhor Solista, ambas com o disco "Alegria", gravado com o grande bandolinista Hamilton de Holanda.

Produzido por Leandro Carvalho, Hamilton de Holanda e Marcos Portinari, o mais recente disco da OEMT transporta o ouvinte por uma viagem lúdica ao universo das crianças de todas as idades, com temas de desenhos animados, games e do cancioneiro popular brasileiro.

Para divulgar os finalistas da edição 2017, o 28° Prêmio da Música Brasileira adotou uma estratégia diferente: escalou alguns artistas, 17 ao todo, para divulgar os indicados em seus perfis no Instagram. Os finalistas da categoria de Melhor Disco Instrumental - uma das categorias em que a OEMT concorre - foi anunciada por Maria Bethânia, a grande homenageada do ano passado. Nomes como Ney Matogrosso - o homenageado desta edição -, Lenine, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Camila Pitanga também participaram da iniciativa.

De acordo com a organização, o Prêmio registrou recorde de inscrições. Foram 1199 CDs e 128 DVDs analisados, dos quais 478 e 60, respectivamente, foram pré-selecionados. “Mato Grosso está muito bem representado. Alegria é um disco contagiante, com uma sonoridade inventiva, divertida, com alto nível técnico e artístico. A Orquestra e Hamilton estão plenos e os arranjos de Vittor Santos são geniais. Incrível imaginar um disco da OEMT entre os mais importantes do ano da música instrumental brasileira. Vamos torcer para que seja eleito o melhor, mas já somos vencedores", comemora Leandro Carvalho.

Com arranjos de Vittor Santos e interpretação impecável da Orquestra do Estado de Mato Grosso, sob regência do maestro Leandro Carvalho, “Alegria” traz em suas dez faixas, os temas de A Pantera Cor-de-Rosa, de Henry Mancini, dos Flintstones, de Hoyt Curtin, do Sítio do Pica Pau Amarelo, clássico de Gilberto Gil e ainda, a trilha do game Super Mario Bros, de Koji Kondo.

Para completar essa aventura musical, Hamilton escreveu especialmente para o disco a inédita “Suíte da Infância”, organizada em três movimentos, e trouxe consigo a “Criançada Reunida”, peça de Rogério Caetano, outro importante instrumentista brasileiro da atualidade. Entre as faixas que compõem o álbum, estão ainda o Medley com o Lullaby Brahms e temas infantis muito conhecidos pelos brasileiros como "A casa”, “Se essa rua fosse minha”, “O Pato” e “Peixinhos do Mar”, de Vinícius de Moraes, Toquinho, Sérgio Endrigo, Sérgio Bardotti e Paulo Soledade.

A Orquestra do Estado de Mato Grosso gravou 15 discos, com alguns dos mais destacados solistas em atuação no Brasil. “Alegria”, com Hamilton de Holanda, pode ser adquirido individualmente pelo iTunes. O álbum, lançado pelo selo Brasilianos e distribuído pela Sonora, está disponível nas principais lojas do ramo. Ouça a discografia da Orquestra do Estado de Mato Grosso pelo Deezer ou Spotify.

Com direção artística de Leandro Carvalho, Hamilton de Holanda e Marcos Portinari, “Alegria”, gravado em fevereiro de 2015 no Estúdio Inca, em Cuiabá, Mato Grosso, foi mixado por Thiago Marques e masterizado por André Dias. Produção executiva de Marcos Portinari, assistência de produção de Fellipe Cabral e projeto gráfico de Fernando Salles.

A cerimônia de premiação da 28ª edição do Prêmio ocorrerá dia 19 de julho no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e será apresentada por Maitê Proença e Zélia Duncan.

Prêmio da Música Brasileira

O Prêmio da Música Brasileira nasceu como Prêmio Sharp, em 1987, e manteve esse nome por mais de uma década, até 1998. Um grande incentivo à cultura nacional, com uma merecida festa para celebrar o talento e a riqueza da música produzida em todos os cantos do país, em seus diversos gêneros e estilos.

O Prêmio da Música Brasileira é hoje, a mais importante premiação da música nacional. Ano após ano, o PMB prestou homenagens a grandes artistas brasileiros, dentre eles Maria Bethânia, Tom Jobim, Noel Rosa, Baden Powell, Milton Nascimento, Elis Regina, Luiz Gonzaga, Vinicius de Moraes, e tantos outros nomes essenciais da música brasileira.

Este ano, o homenageado será Ney Matogrosso, um dos maiores intérpretes e performers da história da música brasileira, um dos raros cantores que conseguiu permanecer relevante em cena ao longo de cinco décadas.

Confira a lista completa dos indicados em www.premiodamusica.com.br .





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/425064/visualizar/