Repórter News - reporternews.com.br
Variedades
Quinta - 28 de Setembro de 2017 às 16:04

    Imprimir


O pastor Valdmiro Santigo, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, negou ter negociado a compra de uma área no Parque Estadual do Cristalino com o ex-governador Silval Barbosa. Ainda assim, o religioso admitiu que a negociação foi feita pelo bispo Rildo Teixeira e o irmão de Silval, Antônio Barbosa.

Em nota enviada a imprensa nesta quarta-feira (28), o pastor explicou que o único encontro que teve com o ex-governador foi durante um culto evangélico realizado em Mato Grosso. Na ocasião, Silval teria pedido apenas uma oração em seu nome.

O ex-governador Silval Barbosa contou em sua delação premiada que vendeu 50% de uma área localizada no Parque Cristalino, na região noroeste de Mato Grosso, entre os municípios de Alta Floresta e Novo Mundo. Barbosa disse que levou o pastor para conhecer a área e que a negociação foi fechada em R$ 1,4 milhão.

Valdemiro não efetuou o pagamento e foi procurado pelo irmão do ex-governador, Antônio Barbosa, que recebeu notificação da Sema (Secretaria de Meio Ambiente) para desapropriar o local. Ele cobrava o valor da transação. Em maio de 2016, uma nova negociação foi feita e o pastor se comprometeu a pagar R$ 900 mil pela metade da propriedade, a outra metade ficaria com Antônio Barbosa.

Valdemiro não efetuou o pagamento e foi procurado pelo irmão do ex-governador, Antônio Barbosa, que recebeu notificação da Sema (Secretaria de Meio Ambiente) para desapropriar o local. Ele cobrava o valor da transação. “Por volta de maio de 2016, foi feita uma nova negociação em que Valdemiro se comprometia a pagar R$ 900 mil por metade da propriedade e a outra metade continuaria em posse de Antonio", explica.

O seu irmão Antônio, que já vinha negociando com o pastor Valdomiro Santiago, concluiu a venda de 50% da área. Na época da transação, Silval já se encontrava preso em função das investigações dos casos de corrupção em sua gestão.

Valdemiro Santiago também nega a viagem até a região e diz, em nota, que a compra foi finalizada por sua esposa, a Bispa Franciléia de Oliveira. A transação, segundo o pastor, foi feita respeitando “os aspectos legais”.

Leia a nota:

Valdemiro Santiago de Oliveira, líder evangélico fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, por seu advogado que esta subscreve, em face da matéria veiculada envolvendo o ex-governador do Mato Grosso, Sr. Silval Barbosa, vem esclarecer o quanto segue:

1.) O Apóstolo Valdemiro Santiago de Oliveira nunca manteve ou mantém qualquer relacionamento comercial, financeiro ou empresarial com o ex-governador Silval Barbosa.

2.) O único encontro entre ambos deu-se em Culto evangélico ministrado pelo Apóstolo perante milhares de pessoas no Estado do Mato Grosso, quando o então Governador lá se dirigiu pedindo oração, participando do referido culto, fato este presenciado por milhares de pessoas.

3.) A proposta de venda de parte da área, que não trata-se de fazenda, mas sim de rancho adjacente a rio, foi ofertada em outra ocasião, pelo Sr. Antonio Barbosa, irmão do ex-governador, junto ao Bispo Rildo Teixeira, então representante estadual da I.M.P.D. (Igreja Mundial do Poder de Deus).

4.) A transação foi intermediada pelo aludido Bispo e por representantes da família de Antonio Barbosa, restando a compra realizada pela esposa do Apóstolo, Bispa Franciléia de Oliveira, observando todos os aspectos legais vigentes.

5.) Desta forma, solicitamos a devida correção da matéria publicada, com os devidos esclarecimentos.

Atenciosamente.

Dennis Benaglia Munhoz
OAB/SP 92.541





Fonte: Olhar Direto

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/426435/visualizar/