Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Quinta - 05 de Outubro de 2017 às 10:02

    Imprimir


Um rapaz decidiu levar a sua família para ver seu salto de bungee jump na ponte férrea Engenheiro Acrísio que liga as cidades de Mairinque (SP) e (SP). Além da esposa, a vítima identificada como Fábio Ezequiel de Morais viajou de Valinhos acompanhando do filho de seis anos, seu irmão, cunhada e amigos.


A família relatou aos policiais que a vítima estava completamente equipado para o salto. A segurança estava completamente reforçada, mas após o salto, o elástico que deveria segurar o peso e fazê-lo subir novamente não funcionou e o elástico de segurança, acionado em caso de falha, não aguentou o peso e se partiu.

A equipe da SAMU que atendeu o homem de 35 anos ouviu de testemunhas que a corda usada pela vítima esticou mais do que devia. O salto ocorreu de uma altura aproximada de 53 metros. Mesmo com um colchão inflável no chão, a vítima acabou se chocando diretamente contra o chão, fora do local previsto. O vídeo do acidente foi publicado nas redes sociais.

A empresa responsável por organizar o salto, MF Locação de equipamentos, informou por nota que está providenciando a apuração das causas do acidente além de estar acompanhando e colaborando co com as investigações da Polícia Civil de Mairinque, que abriu inquérito para investigar o caso.

A Polícia Civil apreendeu os equipamentos usados pela vítima no dia do salto. "Primeiramente, preciso verificar se houve uma falha técnica, alguma falha de equipamento, eventual deterioração; algo que tenha ocorrido para que o equipamento não tenha funcionado. Ou seja, eu tenho uma corda principal, um elástico principal. Todos esses saltos têm um back up, eles têm um cabo secundário responsável para entrar em ação caso o cabo principal venha a falhar. O que aconteceu com esse com esse cabo secundário? Ele estava acima da medida necessária? Ele falhou? Por isso, preciso aguardar a resposta da perícia", disse a delegada de Mairinque, Fernanda Ueda.

A cidade é bastente procurada para a prática de esportes radicais, como o bungee jump e rapel, principalmente devido aos vãos das pontes que falicitam a movimentação dos esportistas e simpatizantes das atividades. O local onde aconteceu o acidente é de difícil acesso.

Após a queda de Fábio, ele foi socorrido pelo SAMU e foi levado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso foi noticiado pelo portal G1 em dezembro de 2016.






Fonte: Fonte: News 365

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/426461/visualizar/