Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Quinta - 16 de Novembro de 2017 às 20:19
Por: Da Assessoria

    Imprimir


A prefeitura municipal de Nortelândia através da Secretária Municipal de Saúdem estabeleceu uma parceria com os Acadêmicos do 5º Semestre de Enfermagem da UNEMAT, Campus de Diamantino para incrementar a campanha Novembro Azul, com uma série de atividades e ações.

O campanha que terá a supervisão do docente Flávio de Sá, irá realizar exames de teste rápido de HIV, sífilis, glicemia capilar, avaliação de hipertensão, avaliação do IMC, consulta de enfermagem, educação em saúde sobre o câncer de próstata, hipertensão, diabetes e qualidade de vida.

Os atendimentos serão realizados nas unidades do PSF 3 do Bairro da Ponte de segunda a sexta feira no horário compreendido entre as 07hs as 11hs da manhã e no PSF 2 do Bairro Bandeirantes das 13hs às 17hs.

Durante as atividades serão sorteados brindes para os homens que forem atendidos nas unidades de saúde do município.

O docente Flávio de Sá destacou a importância da campanha, objetivando conscientizar a população masculina da necessidade de realizar exames preventivos periódicos, uma vez que quando diagnosticado precocemente, os índices de cura são bem altos.

“É fundamental que tenhamos a consciência de que é preciso que todo homem acima dos 50 anos faça os exames preventivos numa frequência anual, como checagem do PSA, através de exame de sangue, e no toque retal. Em casos de qualquer suspeita, uma biópsia do tecido da próstata deverá ser realizado” observou Flávio de Sá.

O prefeito Zema Fernandes também fez questão de ressaltar a importância da parceria com os acadêmicos da UNEMAT, que darão um suporte muito grande a campanha novembro azul.

O Chefe do Poder Executivo Municipal de Nortelândia falou da preocupação com o avanço da doença e principalmente com o comportamento dos homens, que em muitos casos evitam passar pelos exames. Ele disse que o câncer de próstata é o segundo mais comum tipo de câncer entre os homens brasileiros, ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma, que com relação aos números de mortes causados por câncer, o de próstata está na segunda posição a primeira é ocupada pelo câncer de pulmão.

“Esse aporte dos acadêmicos propiciará que a rede municipal de saúde possa atender um número maior de homens e possamos trabalhar na conscientização dos mesmos para que façam todos os anos os exames recomendados pelos médicos e profissionais da saúde, e assim possamos reduzir o número de mortes que tem crescido assustadoramente” finalizou o prefeito.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/426482/visualizar/