Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Sábado - 25 de Agosto de 2012 às 07:11

    Imprimir


Com a morte de um habitante da região de Cuzco, o Peru já soma 16 falecidos durante conflitos sociais ocorridos na gestão de Ollanta Humala, que assumiu o Governo em julho do ano passado.

Jaime Borda, vigário de Sicuani, informou que Félix Yauri, de 62 anos, morreu após ter sido ferido em maio passado durante um conflito entre a Polícia e os habitantes da província de Espinar, na região de Cuzco, que exigiam novos estudos de impacto ambiental por parte da mineradora suíça Xstrata Tintaya.

Um integrante da Defensoria Pública assinalou hoje que entre agosto do ano passado e 13 de julho deste ano 15 pessoas morreram, todas elas civis, e mais 469 acabaram feridas durante choques em conflitos sociais.

A Coordenadora Nacional de Direitos Humanos (CNDDHH) apresentou nesta sexta-feira uma campanha que busca evitar o aumento das vítimas por conflitos deste tipo, além de promover a investigação dos casos, punir os responsáveis e indenizar seus familiares.





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/42864/visualizar/