Repórter News - reporternews.com.br
Meio Ambiente
Quinta - 21 de Junho de 2018 às 10:42
Por: Da Assessoria

    Imprimir


Professores de escolas públicas de 11 municípios de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul iniciaram, na última semana, uma formação sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), liderado pela Organização das Nações Unidas (ONU). Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ODS foram definidos pela ONU em 2015 e assinados por mais de 150 líderes mundiais. São 17 ODS com 169 metas a serem alçadas, por todos os países, até o ano de 2030.

Durante e após a capacitação, o objetivo é que os educadores trabalhem com os alunos as ODS e que estes sejam multiplicadores do conhecimento. De forma interativa, por meio de oficinas, jogos e brincadeiras, os estudantes serão estimulados a trabalhar a reciclagem, dentro de suas escolas, seguindo a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

O projeto, que tem como parceira a empresa Áster Máquinas, revendedora John Deere, vai promover a capacitação de 540 professores de escolas estaduais e municipais, sendo elas: Barra do Bugres, Campo Novo dos Parecis, Diamantino, Jauru, Nova Maringá, Sapezal, Tangará da Serra; em Mato Grosso do Sul: Campo Grande, Sidrolândia São Gabriel D’Oeste e Maracaju.

A reciclagem faz parte da Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 12 da ONU, que determina a necessidade de "assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis".

A Organização da Nações Unidas aponta que "no ritmo atual, está sendo consumido muito mais recursos naturais do que se deveria. Isso tem como consequência o fato de que, nos próximos anos, todos os seres vivos poderão sofrer não só com a já temida falta de água, mas também com a falta de outros recursos, como alimentos, minerais, energia, etc. Pensando nisso, a Agenda 2030 estabelece como uma das metas "reduzir substancialmente a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reuso.


A capacitação dos professores ocorrerá em três módulos. No período de 04 a 14 de junho, o workshop será presencial, já os módulos de agosto e novembro serão online. As aulas serão ministradas por dois professores-doutores da PUC-RJ, certificados pela própria ONU.

Os professores deverão trabalhar de várias formas interativas com os estudantes, como oficinas e jogos dentro das salas de aula. Além de proporcionar a capacitação, a Áster Máquinas irá premiar os professores que tiverem o melhor desempenho em cada uma das 11 cidades.

O projeto faz parte da segunda etapa do Programa de Educação Ambiental (PEA) da Áster Máquinas, que financia todo o programa, e o promove em parceria com as secretarias municipais e estadual de Educação.

O PEA foi concebido levando a sério a compensação de carbono (mais de 23 árvores serão plantadas para neutralizar as emissões de CO2 durante essa viagem). O Projeto teve início em 2017, passando pelas 11 cidades com filiais Áster Máquinas, levando, através de um caminhão itinerante, oficinas em formato de circuito para 5.040 alunos de escolas públicas.

Um portal eletrônico vai disponibilizar vídeos, oficinas e materiais para todos participantes do programa. O endereço é: www.peaastermaquinas.com.br. E para saber mais sobre os 17 Objetivo de Desenvolvimento Sustentável, acesse o portal: www.nacoesunidas.org





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/428711/visualizar/