Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Turismo
Quinta - 30 de Agosto de 2018 às 22:34
Por: Repórter News

    Imprimir


A dupla sertaneja Munhoz e Mariano é uma das atrações confirmadas para o evento.
A dupla sertaneja Munhoz e Mariano é uma das atrações confirmadas para o evento.

Repórter News

Informações de bastidores dão conta de que o Governo do Estado de Mato Grosso pode não liberar os recursos da ordem de R$ 600 mil reais para a realização da 16ª Edição do Festival de Praia de Nortelândia, que está previsto para começar na próxima quinta-feira (06/09) nas areais da Praia Rota do Sol.

Se os recursos não forem liberados, existe uma grande possibilidade de o evento ser cancelado pela administração municipal, que não tem condições de assumir todas as despesas com a contratação da grade artística e estrutura do tradicional festival.

Uma fonte revelou ao Repórter News que as negociações com o governo estadual tiveram início em março deste ano, e que havia inclusive um aval para a realização do evento, que obteve apoio dos Deputados Estaduais Wagner Ramos (R$ 300 mil), Saturnino Masson (R$ 70 mil) e Leonardo de Souza (R$ 109 mil) através de emendas parlamentares, e o restante dos recursos seriam liberados pela equipe econômica do Governo do Estado. Outros R$ 65 mil reais seriam de contrapartida do município com recursos próprios.

Diante do aval do Governador Pedro Taques, a comissão organizadora teria ultimado todos os preparativos para a realização de um dos maiores eventos turísticos regionais, tendo contratado as atrações nacionais Bonde do Forró, May e Karen e Munhoz e Mariano, bem como os artistas regionais e estaduais André Piovezan, Sambareia, Cícero Edson, Nick Som, Alex e Lyan e Banda Astral.

O evento está sendo divulgado a meses, e existe uma grande expectativa para o maior público de todos os tempos, sem falar nos preparativos aviados pelos empresários dos setores de hotelaria, alimentação, combustível, vestuário e toda uma cadeia que se beneficiaria com o festival. Até mesmo os empregos diretos e indiretos estão ameaçados.

“A não realização do evento por culpa do governo do estado provocará um grande impacto na economia local e regional. Será um grande prejuízo para o comércio em geral. O prefeito está possesso, nervoso e muito preocupado com tudo” revelou a fonte que pediu para não ser identificada.

A reportagem tentou sem sucesso durante todo o dia de hoje falar com o prefeito Zema Fernandes, que não retornou as ligações feitas e nem respondeu as mensagens de aplicativo enviadas, para esclarecer sobre o assunto.

A fonte revelou ainda ao Repórter News que o prefeito municipal pode até mesmo abandonar a base de apoio à reeleição do Governador Pedro Taques, se confirmada a negativa de aporte financeiro do Estado.

O município já teria tomado todas as providências burocráticas, técnicas e de infraestrutura para o evento, com a instalação de palco, licenças junto ao Corpo de Bombeiros e demais órgãos, realizado ainda diversos investimentos nas instalações da Praia Rota do Sol.

Uma ampla campanha foi deflagrada para arrecadar alimentos não perecível, que seriam doados a instituições filantrópicas e famílias carentes da cidade.

O RN continuará buscando novas informações e a qualquer momento poderá confirmar ou não a veracidade repassada pela fonte que pediu para não ser identificada.





Notícias Relacionadas


Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/428845/visualizar/