Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Segunda - 24 de Dezembro de 2018 às 09:16
Por: R7 Notícias

    Imprimir


O mexicano Pascual Pineon já nasceu especial: ele tinha uma deficiência rara em que carregava uma pequena cabeça em cima da própria cabeça dele. Nascido em 1889, ele conseguiu ganhar um monte de dinheiro como atração de circo, ao ponto de sustentar sem problemas nove filhos!

Não sabe-se muito sobre Pascual, apenas após ele se juntar ao circo.

Uns dizem que ele vivia em uma tribo indígena, outros que morava sozinho perto de uma mina de ferro, preso pelos vizinhos.

O empresário John Schindeler o encontrou em 1917, morando no Texas e trabalhando em uma ferrovia.

Nesse período ele recebeu o convite para se juntar ao circo Sells Floto. Na época, era comum pessoas com todo o tipo de deficiência ou habilidades incomuns trabalhar nesses locais e ainda fugir da perseguição de vizinhos e conhecidos.

Todo o tipo de teoria foi criada para explicar a segunda cabeça: que ela era um tumor maquiado, uma cabeça feminina ou um gêmeo não nascido.

Mas Pascual tinha até uma relação com ela: “Ela não é muda. Além disso, ela é um ser humano. Eu posso ouvi-la, mas sou o único capaz de fazer isso. Ela só existe através de mim”.

É possível também que se tratasse de uma “duplicação crânio-encefálica”, uma má formação que duplica uma parte do corpo.

Era esse mal que acometia Edward Mordrake, que dizia ser atormentado pela voz da sua segunda cabeça a vida toda.

Apesar de dizer que também ouvia a segunda cabeça, Pascual não parece ter sofrido de pirações como Edward.

Já outros relatos dizem que a segunda cabeça era falsa, sendo apenas um tumor com um rosto de cera.

Segundo outra versão, a máscara do tumor seria de prata, implantado sob a pele.

A vida de Pascual virou tema de livros, inclusive do autor sueco Per Olov Enquist.

Ao final da vida, conta uma versão da história, o próprio empresário John Schindeler pagou por uma operação para remoção do tumor e Pascual pode viver livre de sua anomalia.

Não se sabe exatamente quando Pascual morreu, apenas que ele teve um final de vida tranquilo, voltando a trabalhar no Texas.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/429715/visualizar/