Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Sexta - 11 de Janeiro de 2019 às 15:51
Por: Christiano Antonucci/GCom

    Imprimir


O coronel Jonildo Assis e o governador do Estado, Mauro Mendes
O coronel Jonildo Assis e o governador do Estado, Mauro Mendes

O novo comandante geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, assumiu o cargo na noite de quinta-feira (10), anunciando três eixos de atuação: o fortalecimento das ações operacionais primárias e de combate ao crime organizado; a integração com outras forças e a comunidade; e a valorização dos bons policiais. Ele substituiu o coronel Marcos Vieira da Cunha no comando da corporação.

Em cerimônia presidida pelo governador Mauro Mendes no Quartel do Comando Geral (QCG), coronel Assis falou da importância da presença ostensiva da polícia nas ruas, fazendo o trabalho de abordagem e checagem para prevenção e repressão ao crime.

Assis disse que o objetivo é reforçar a integração operacional e de inteligência com outras forças da Segurança Pública. Ele entende que além de fazer segurança com mais qualidade, essa integração permite o combate efetivo do crime organizado.

Valorizar e estreitar as relações com a sociedade e os movimentos comunitários também estão nos planos do novo comandante. Para ele, é fundamental estar lado a lado com aqueles para os quais a Polícia Militar trabalha. “Nós, policiais, também buscamos segurança, somos pais, maridos, filhos, irmãos, portanto cidadãos parte da sociedade mato-grossense”, lembrou.

O governador Mauro Mendes agradeceu ao coronel por aceitar o desafio de comandar a PMMT. “Não será uma tarefa fácil, mas é a nossa oportunidade, de cada um da atual gestão, mostrar capacidade e lealdade ao povo mato-grossense”, declarou.

O governador disse ainda que acredita que sob a liderança do coronel Assis a Polícia Militar vencerá os obstáculos e fará segurança com qualidade.

Currículo

O novo comandante-geral da PM tem 42 anos e ingressou na carreira militar em 1995. A primeira função desempenhada foi a de comandante do Pelotão do Corpo de Alunos de Formação de Soldados do 6º BPM, em Cáceres.

Assis ocupou outras posições de destaque, entre elas, comandante do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), do Grupo Especial de Segurança de Fronteira (Gefron) e, por último, secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp entre setembro de 2017 e sua posse como comandante-geral.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/429877/visualizar/