Repórter News - reporternews.com.br
Variedades
Sexta - 22 de Fevereiro de 2019 às 09:28
Por: Luiz Fernando Vieira/GD

    Imprimir


A programação cultural do fim de semana na Capital tem como grande destaque o show acústico da banda Jota Quest no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, com direito a “meia social” (beneficente). Também tem apresentações dos espetáculos Mãe e A Família dos Ratinhos no Cine Teatro Cuiabá, além de filmes premiados e sucessos de crítica no Sesc Arsenal.

No show “Acústico Jota Quest - Músicas Para Cantar Junto”, que acontece nesta sexta-feira (22), às 21h, no Zulmira Canavarros (anexo à Assembleia Legislativa), a banda mineira leva ao palco os grandes sucessos de seus 22 anos de história, como “Dias Melhores”, “Amor Maior”, “Só Hoje” e “Do Seu Lado”, totalmente repaginados para o formato, além de novidades como “Morrer de Amor” (parceria com Alexandre Carlo - Natiruts), “Você Precisa de Alguém” (gravada com Marcelo Falcão) e “Pra Quando Você Se Lembrar de Mim” (Wilson Sideral), especialmente pensadas para o projeto.


O show é baseado no CD/DVD “Acústico Jota Quest” (Sony Music), gravado ao vivo em São Paulo e lançado em 2017, que recebeu o “Disco de Ouro”. Com a mesma formação desde sua criação, o Jota Quest de Rogério Flausino (voz), Marco Túlio Lara (Guitarra), PJ (baixo), Paulinho Fonseca (bateria) e Márcio Buzelin (teclados) promete uma intensa e emocionante experiência ao público de Cuiabá.

Os ingressos estão à venda pelas unidades da Casa de Festas (shoppings Pantanal e Goiabeiras) ou pelo site https://ingressos.musiva.com.br/. Além dos valores “inteiro” e “meio” (para grupos especificados por lei), há a “meia social”, metade do valor do ingresso para quem entregar 1kg de alimento não perecível direto na portaria do espetáculo. Mais informações: (65) 3634-7611.

Teatro

Chico Ferreira

cineteatro

Nesta sexta e no sábado (22 e 23), na Sala Anderson Flores do Cine Teatro Cuiabá, às 21h, tem apresentação da peça Mãe, montada pelos formandos da MT Escola de Teatro. Na história, Fernanda, uma assistente que está exausta dos vínculos conflituosos entre gerações, se percebe numa caminhada rumo à assimiliação do tempo. Uma trajetória vivida pela realidade dos dias de hoje, que fala sobre o etarismo e conflitos familiares. Relações intergeracionais que podem culminar em algo inesperado, ao som de canções criadas para este cenário.

A composição do roteiro, cenografia, figurinos foram cautelosamente projetados para transmitir ao público uma visão geral das dificuldades do viver antes, durante e pós 60 anos. A direção é de Maria Clara Bertúlio e Paulo França, com dramaturgia de Amanda Muller e atuação de Danielle Souziel, Elisa Carvalho, Júnior Faria, Mariah Ferreira, Maykon Castrovicky e Nadiny Costa.

No sábado e no domingo (23 e 24), às 19h30, o Cine Teatro Cuiabá recebe a apresentação de “A Família dos Ratinhos”, espetáculo de teatro que pretende levantar discussão sobre conscientização ambiental e o cuidar do patrimônio público através de mensagens lúdicas com 7 personagens em cena. A história gera em torno da vida cotidiana de uma família muito alegre e divertida de roedores, devidamente caracterizados.

Trata-se de uma produção da Cia de Teatro Cena Onze, que existe há mais de 25 anos em Cuiabá e desenvolve vários trabalhos sociais voltados para a conscientização, formação e humanização do público, através de suas montagens teatrais. Além da questão ambiental, o grupo trabalha mensagens de conscientização como enfrentamento a violência contra a mulher, drogas e preconceito. Informações: 65 99227-6215 / 98133-4559.

Cinema

Nesta sexta (22), às 19h30, o CineSesc do Arsenal apresenta em sessão gratuita o longa Demon (Polônia, Terror, 2016, 94min), de Marcin Wrona, que estreou no Festival Internacional de Cinema de Toronto, ganhou prêmio de Melhor Filme no Fantastic Fest em Austin (EUA) e foi premiado no Festival Internacional de Cinema em Haifa.

O filme conta a história de um homem que chega à desconhecida cidade onde sua noiva cresceu e, como um presente de casamento do avô dela, ganha um pedaço de terra onde possam juntos erguer uma casa e constituir uma família. Enquanto preparam o terreno para a futura casa, o noivo acha ossos humanos na terra de sua nova propriedade. Coisas estranhas começam a acontecer e a interferir na vida do casal.

No sábado (23), no mesmo horário, é a vez de A Ovelha Negra (Dinamarca, Drama, 2015, 92min), de Grimur Hakonarson, vencedor da mostra “Um Certo Olhar” do Festival de Cannes. Na trama, em um tranquilo vale de fazendas agrícolas na Islândia, 2 irmãos que não se falam há 40 anos precisam se unir para salvar o que há de mais valioso para eles.
Gummi e Kiddi vivem lado a lado cuidando de suas ovelhas e carneiros.

Embora dividam a terra e o estilo de vida, eles não se “bicam”. Quando uma doença letal atinge o rebanho de Kiddi, autoridades decidem abater todos os animais da região para conter uma epidemia. Muitos fazendeiros abandonam o local, mas os irmãos não desistem tão fácil. Conforme as autoridades se aproximam, eles precisarão se unir para salvar os animais - e a si mesmos - da extinção.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/430482/visualizar/