Repórter News - reporternews.com.br
Turismo
Sábado - 23 de Fevereiro de 2019 às 08:10
Por: G1 MT

    Imprimir


Orla do Porto — Foto: Luiz Alves/Prefeitura de Cuiabá
Orla do Porto — Foto: Luiz Alves/Prefeitura de Cuiabá

O prefeito Emanuel Pinheiro assinou nesta sexta-feira (22) a ordem de serviço para início das obras de revitalização da 2ª Etapa da Orla do Porto, com recursos de R$ 3,7 milhões repassados pelo Ministério do Turismo e aprovados pela Caixa Econômica Federal. O trabalho tem prazo para ser concluído em seis meses.

A medida dá continuidade ao projeto de revitalização da região considerada como uma das mais importantes de Cuiabá, em comemoração aos 300 anos da Capital.

De acordo com o prefeito, os recursos estavam parados em conta há mais de sete anos.

Outro órgão que também contribuiu para a efetivação dos projetos e da garantia dos valores, foi a Superintendência da União.

A elaboração do projeto arquitetônico ficou a cargo da Secretaria Municipal de Planejamento, por meio do Instituto de Planejamento e desenvolvimento Urbano (IPDU). A etapa da execução e fiscalização dos serviços será de responsabilidade da Secretaria Municipal de Obras Públicas.

Segundo a empresa vencedora do certame licitatório para a execução das obras, a equipe de trabalho começa a atuar no local já na próxima segunda-feira (25).

Denominado como “Complexo do Porto”, além da autorização da reforma do Cais e da Orla do Porto II, assinadas essa semana, as benfeitorias abrangem também o Mercado do Porto e o Aquário Municipal, que também terão os trabalhos iniciados ainda esse ano, dentro do pacote comemorativo dos 300 Anos de Cuiabá.

Serão construídos calçadões para caminhada e contemplação, ciclovia bidirecional com a intenção de se conectar com a existente e já consolidada na Orla do Porto I. O projeto contempla ainda uma continuação ao longo da Avenida José Manoel de Arruda no sentido oposto, com calçadas, iluminação, mobiliário urbano, arborização, adequação de acessibilidade e instalação de esculturas com personalidades regionais. Também será edificada uma área coberta por lonas tensionadas destinadas às feiras locais, um espaço com aparelhos para atividades físicas ao ar livre, estacionamento, além da recuperação das margens do rio.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/430504/visualizar/