Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Quarta - 10 de Abril de 2019 às 18:28
Por: G1 MT

    Imprimir


Vacina contra a gripe — Foto: Divulgação/Governo do ES
Vacina contra a gripe — Foto: Divulgação/Governo do ES

A campanha nacional de vacinação contra influenza teve início nesta quarta-feira (10). Em Mato Grosso, segundo dados da Secretaria de Saúde (SES), aproximadamente 350 mil doses já foram entregues para praticamente todos os municípios mato-grossenses.

O número representa 40% do total das 900 mil doses previstas.

De acordo com a SES, a campanha foi antecipada em virtude do aumento de casos de influenza registrados no país, especificamente em Manaus.

Apenas as cidades da região Araguaia mato-grossense iniciarão a vacinação na próxima segunda-feira (15) devido ao ritmo de distribuição dos lotes por parte do Governo Federal.

A SES diz que isso não impactará nas ações nos municípios, uma vez que a vacinação prosseguirá até o dia 31 de maio.

Durante o período de vacinação, ainda haverá a atualização do cartão vacinal. A possibilidade é uma forma estratégica de mobilizar os municípios a atingir o nível de cobertura vacinal desejável.

Cuiabá e Várzea Grande

Em Cuiabá, a abertura da campanha começa na próxima terça-feira (16), mas a capital já disponibilizará as doses ao público-alvo.

Foram disponibilizadas 34,5 mil doses à capital provenientes do primeiro de sete repasses que o estado fará aos municípios ao longo da campanha.

Em Várzea Grande, a prefeitura diz que todas as 19 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) aplicarão as doses nos integrantes dos grupos prioritários. A previsão é vacinar cerca de 61.000 pessoas que integram os públicos alvos da campanha.

Grupo prioritário

A campanha contempla indivíduos com mais de 60 anos e os grupos prioritários: crianças com faixa etária entre seis meses e menos de seis anos, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores, povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/431082/visualizar/