Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Sábado - 13 de Abril de 2019 às 10:29
Por: Jacques Gosch/RD News

    Imprimir


O presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM) admite a possibilidade de concorrer a prefeito nas eleições de 2020. Entretanto, precisa definir se mantém o domicílio eleitoral em Cuiabá ou transfere para Várzea Grande já que possui família, negócios e base política nos dois municípios. “Ainda é muito cedo para essa discussão, mas nenhuma possibilidade está sendo descartada. Temos que esperar isso maturar mais. Tenho até outubro para definir se vamos ficar em Cuiabá ou se vamos par Várzea Grande”, declarou Botelho ao .

Presidente reeleito da Assembleia, Botelho consolidou a liderança na Baixada Cuiabana. Além disso, é um político de perfil conciliador, tem fama de cumprir de acordos e bom trânsito com dirigentes de todos os partidos.

AL-MT

Mauro Mendes e Eduardo Botelho

Presidente da Assembleia, Eduardo Botelho se destaca pelo poder de articulação. Seu nome seria consenso e deve ter o apoio do governador Mauro Mendes

A possível candidatura de Botelho é praticamente consenso entre os dirigentes. Além disso, pode unir o governador Mauro Mendes (DEM) e o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), que estão com as relações estremecidas desde a campanha eleitoral do ano passado, no mesmo palanque.

Ocorre que tanto Mauro quanto Emanuel são aliados de Botelho. Por isso, veem com bons olhos sua possível candidatura a prefeito e podem apoiá-lo caso o ingresso na disputa se confirme.

Em Cuiabá, Emanuel tem reiterado que não pretende disputar a reeleição, o que abre caminho para Botelho concorrer à sucessão. Já em Várzea Grande, a prefeita Lucimar Campos (DEM) está no segundo mandato e o partido busca um correligionário para tentar permanecer no comando do Executivo municipal.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/431144/visualizar/