Repórter News - reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Segunda - 24 de Junho de 2019 às 09:51
Por: Vinicius Mendes/Olhar Direto

    Imprimir


Gazeta do Povo
Em 2017 o número de pessoas analfabetas era 167.530 enquanto no ano de 2018 o número estimado foi de 188 mil
Em 2017 o número de pessoas analfabetas era 167.530 enquanto no ano de 2018 o número estimado foi de 188 mil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou resultados do módulo Educação da Pesquisa Anual por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contíua) referente ao ano de 2018. Os dados de Mato Grosso apontam que, no total, o número de analfabetos foi estimado em 188.105, número maior que do ano anterior. Com relação à taxa de escolarização, enquanto para pessoas brancas o número cresceu, para negros e pardos houve queda.

A faixa etária considerada para a pesquisa foi de pessoas acima de 15 anos de idade. Em 2017 o número de pessoas analfabetas era 167.530 enquanto no ano de 2018 o número estimado foi de 188.105.

A pesquisa apontou que, em Mato Grosso, em 2017, a taxa de analfabetismo total era de 6,5 e já no ano de 2018 ela ficou em 7,1, maior que a média nacional, que é de 6,8. Para os homens nesta faixa etária, a taxa em 2017 era de 6,4 e no ano de 2018 ficou em 7,1. Já para as mulheres a taxa era de 6,6 em 2017 e também ficou em 7,1 em 2018.

A pesquisa mostrou que há discrepância entre a taxa de escolarização de brancos e a taxa de pretos e pardos. No ano de 2017 o número de pessoas brancas analfabetas era 34.347 enquanto de pessoas pretas e pardas era 132.588. Em 2018 o número aumentou para todos, mas ainda assim a diferença era grande, sendo 37.211 pessoas brancas analfabetas e 149.308 pessoas pretas e pardas analfabetas.

Em 2017 a taxa de escolarização total de pretos e pardos era 30,8 e em 2018 caiu para 29,3. Já para brancos o número aumentou de 28,5 em 2017 para 29,5 em 2018. A pesquisa ainda apontou que em Mato Grosso 28,5% das mulheres de 15 a 29 anos não trabalham nem estudam e 12,7% dos homens não trabalham nem estudam.

A pesquisa também apontou que o número médio de anos de estudo das pessoas de 25 anos ou mais de idade aumentou de 8,7 em 2017 para 9,0 em 2018. Também foi apontado que Mato Grosso, em 2018, tinha 92.555 homens analfabetos e 95.550 mulheres analfabetas.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/432041/visualizar/