Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Segunda - 01 de Julho de 2019 às 08:41
Por: Folha Max

    Imprimir


O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) afirmou que o governo do Estado incluiu como pano de fundo na lei que prevê a revisão dos incentivos fiscais uma reforma tributária que implica em aumento de impostos a diversos setores produtivos de Mato Grosso.

A declaração foi dada durante entrevista ao Bom Dia MT, exibido pela TV Centro América, filiada da Rede Globo em Mato Grosso.

“O governo aproveitou e colocou um submarino que é uma reforma tributária. E nós só estamos conhecendo agora. O submarino é uma linguagem usada nos Parlamentos para colocar de forma dissimulada uma matéria para não chamar tanto a atenção, quando a manchete é o incentivo fiscal. Internamente, a carne paga hoje 0% de ICMS. Com essa aprovação vai subir para 7%”, disse.

O governo do Estado espera a aprovação da revisão dos incentivos fiscais bem como das medidas que permitirão aumentar impostos em até 15 dias.

A proposta é encarada com resistência por muitos parlamentares que consideram o tempo insuficiente para debater ambas as medidas com empresários de diversos ramos dos setores produtivos.

A alteração na concessão de incentivos fiscais pelo governador Mauro Mendes atende a uma exigência do governo federal.

Após a aprovação pelo Congresso Nacional da lei 160/2017, foi estipulado até o dia 31 de julho de 2019 a regularização dos incentivos fiscais às empresas privadas pelos governos estaduais.

Auditorias da Controladoria-Geral do Estado identificaram até R$ 1,4 bilhão concedidos ilegalmente pelo governo de Mato Grosso nos últimos anos, o que tem contribuído para o déficit fiscal orçamentário que impede a regularidade no pagamento aos fornecedores e dos reajustes anuais a título de reposição inflacionária concedido aos servidores públicos.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/432109/visualizar/