Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Sexta - 12 de Julho de 2019 às 08:43
Por: Por João Carlos Morandi, TV Centro América

    Imprimir


Menino de 12 anos morreu ao ficar preso em sela e ser arrastado por cavalo em assentamento no município de Cláudia — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação
Menino de 12 anos morreu ao ficar preso em sela e ser arrastado por cavalo em assentamento no município de Cláudia — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação

Um menino, de 12 anos, morreu nessa quinta-feira (11) ao sofrer um acidente enquanto andava a cavalo em um assentamento no município de Cláudia, a 608 km de Cuiabá. Ele teria ficado preso na sela do cavalo e sido arrastado pelo animal.

Segundo a família da criança, o menino teria saído sozinho para cavalgar e estava demorando para voltar. Os familiares começaram a procurar pelo menino e o encontraram já morto em uma plantação de milho.

O cavalo permaneceu no local onde o menino foi encontrado morto.

O perito da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Mato Grosso, Carlos Siqueira, conversou com a família. As testemunhas disseram que ele saiu de casa para andar a cavalo no final da tarde. O menino teria o costume e prática de montar sozinho e passear.

Arreio e sela usados pelo menino foram encontrados no local — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/DivulgaçãoArreio e sela usados pelo menino foram encontrados no local — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação

Arreio e sela usados pelo menino foram encontrados no local — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação


Por volta de 17h ele não teria retornado e a família começou a se preocupar.

“Encontraram o corpo junto ao cavalo. O arreio do cavalo estava amarrado na cintura dele. Por algum motivo ele teria caído do cavalo e, por estar amarrado no arreio, foi arrastado”, comentou o perito.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Sinop, a 503 km de Cuiabá. O velório e sepultamento devem ocorrer nesta sexta-feira (12).

As causas do acidente devem ser apuradas pela Polícia Civil.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/432279/visualizar/