Repórter News - reporternews.com.br
Variedades
Terça - 03 de Setembro de 2019 às 14:51
Por: Studio Press Comunicação

    Imprimir


A reforma promovida pelo projeto Troco Solidário no Quintal Domingas - do Grupo Flor Ribeirinha - trouxe inúmeros benefícios à comunidade São Gonçalo Beira Rio, em Cuiabá. De 30 crianças, o projeto sociocultural Semente Ribeirinha hoje atende 100 meninos e meninas que participam de atividades, como artesanato em cerâmica, dança do siriri e música regional.

Durante apresentação do espetáculo Mato Grosso Dançando o Brasil, no último fim de semana (31.08 e 01.09), Domingas Leonor da Silva, explicou que com os recursos doados pelo projeto Troco Solidário foi possível fazer inúmeras melhorias na infraestrutura do local, garantindo maior acessibilidade e conforto aos participantes.

“Não tínhamos um espaço muito ampliado, por isso nosso atendimento às crianças era limitado. Esse foi o primeiro impacto da mudança. Também havia problemas com o encanamento e com o piso, onde crianças e dançarinos costumavam se machucar, outro ponto importante totalmente resolvido”, destacou Dona Domingas.

A matriarca e coordenadora do projeto frisou que a quadra estava toda quebrada, o que já gerou vários acidentes com as crianças, que geralmente machucavam o pé ou se cortavam com pedaços de tijolo ou cerâmica. “Esse dinheiro que veio para nós foi muito bom, só temos a agradecer a Deus e a todos pela confiança e carinho”.

Para Avinner Augusto, diretor artístico, a participação no Troco Solidário potencializou as atividades do Grupo, já que foram acrescentados ensaios aos sábados. “Somos gratos por este reconhecimento dos gestores, funcionários e operadores de caixa do Comper, além dos clientes. Graças a esse empenho de vocês estamos celebrando nosso primeiro espetáculo no novo espaço”.

Em maio do ano passado, o Grupo Flor Ribeirinha recebeu da rede de Supermercados Comper (Grupo Pereira) a doação de R$ 49.924,89 do Projeto Troco Solidário, uma iniciativa realizada há 11 anos pela empresa. O valor foi arrecadado entre 1º de março e 30 de abril de 2018. O grupo pleiteava este benefício há cerca de três anos e foi incluído devido o trabalho que tem realizado pela cultura mato-grossense.

A coordenadora de Eventos do Comper, Lídia Pachori, disse que inúmeras melhorias foram possíveis com esse recurso, entre elas, cimentar a quadra onde são feitos os ensaios, algo que demandou aproximadamente R$ 16 mil em investimentos. Foram construídos também um escritório, uma lavanderia, para cuidar especialmente das roupas dos integrantes do grupo, e os banheiros feminino e masculino. Ela contou que o projeto funciona da seguinte maneira: “a cada ano, são selecionados no mês de novembro seis instituições para participar da próxima campanha. Neste ano, já estamos recebendo os projetos e vamos visitá-las para fazer a seleção. A cada dois meses, dentro do Comper, fazemos a renovação da entidade beneficiada”.

Lídia pontuou que mesmo o Grupo Flor Ribeirinha não participando novamente do projeto, é possível contribuir paralelamente com situações pontuais. “Essa parceria nunca acaba e isso funciona com as demais instituições também”.

A mobilização da população é fundamental para que o projeto seja mantido pela empresa que vem se fortalecendo ao longo de mais de uma década. Mesmo em um momento de crise as pessoas são solidárias. “O povo cuiabano gosta muito de ajudar, nós sempre nos surpreendemos positivamente. É importante destacar o impacto social da ação, por isso fazemos questão de prestar contas e dar transparência ao processo”, finalizou.

O Troco Solidário existe há 11 anos e trata-se da doação que os clientes fazem de qualquer valor que pode ser feita em dinheiro e também através dos cartões de crédito e de débito em todos os supermercados Comper de Cuiabá e Várzea Grande.

Grupo Flor Ribeirinha

A instituição foi idealizada por dona Domingas Leonor, em 27 de julho de 1993, na comunidade de São Gonçalo Beira Rio, na Capital de Mato Grosso, e tem trabalhado fortemente com o Siriri - dança típica mato-grossense. Tem realizado várias apresentações internacionais e no ano passado foi o vencedor do Festival Internacional de Arte e Cultura, realizado em Istambul, na Turquia, com o espetáculo "Mato Grosso Dançando o Brasil".





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/432931/visualizar/