Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Agronegócios
Segunda - 14 de Outubro de 2019 às 06:14
Por: José Lucas Salvani/Olhar Direto

    Imprimir


O estado de Mato Grosso lidera com 28,1% na produção de cereais, leguminosas e oleaginosas no Brasil em 2019 e o milho de segunda safra aumentou 4,4 vezes em 11 anos, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados foram durante a Reunião Estadual de Estatísticas Agropecuárias de Mato Grosso (Reagro-MT).

Os dados referentes a produção de cereais e leguminosas foram coletados entre janeiro e agosto deste ano. Depois de Mato Grosso, o estado que mais produziu foi o Paraná, com 15,3%, seguido do Rio Grande do Sul, do 14,4%. Já o estado com menor participação na produção é Roraima, com 0,1 %.

Em 2000, a participação de Mato Grosso era de 15%, enquanto em 2010 a porcentagem atingiu 19,3%. O Centro-Oeste, aliás, é a região que mais produziu estes produtos e tem uma taxa de 46,4% na participação, seguido pelo Sul com 32,5% e o Sudeste com 9,2%.

Quanto a produção de milho de segunda safra, entre 2008 e 2019, houve um aumento de aproximadamente 4,4 vezes. Enquanto em 2008 a produção atingiu 7.015.229 de toneladas, em 2019 o número chegou em 30.912.004 de toneladas, de acordo com a estimativa da safra 2018/2019. A área também aumentou ao longo dos 11 anos, de 1.655.035 hectares para 4.906.956 hectares.

Neste ano, o produto com maior produção na safra 2018/2019 é a soja, que deve fechar em 32.219.356 de toneladas. O milho é o produto que fica em segundo lugar, com o equivalente a 31.481.956 de toneladas. A cana-de-açúcar fecha o pódio com 23.438.907 de toneladas.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/433485/visualizar/