Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Domingo - 22 de Março de 2020 às 10:12
Por: Eduardo Gomes/Boa Mídia

    Imprimir


O pré-candidato Edivaldo de Sá
O pré-candidato Edivaldo de Sá
Edivaldo de Sá é o primeiro pré-candidato a prefeito de Nortelândia que assume tal condição.

Pelo Partido Verde, o jornalista, radialista e advogado Edivaldo de Sá coloca seu nome à apreciação partidária, para concorrer no pleito de outubro.

Residente e bem identificado com Nortelândia, Edivaldo de Sá foi secretário municipal de Administração quando Neurilan Fraga exerceu mandato de prefeito. Por aquela função, pelo conhecimento sobre a realidade do município, em razão do jornalismo que o deixa em permanente contato com a população, e mais recentemente por sua atuação enquanto advogado, ele se apresentou em sua página no Facebook enquanto pré-candidato para ocupar o Paço Municipal Prefeito Pedro Coelho Ormond.

Ao se apresentar enquanto pré-candidato Edivaldo de Sá observou que boa parte da população sugere seu nome e pede que entre na disputa da cadeira mais cobiçada naquele município com 5.989 habitantes e 4.683 eleitores, e cuja população se renova geração após geração, o que a faz uma grande comunidade que se sucede de bisavô para avô, de avô para pai, de pai para filho,

Figura pública conhecida nos meios políticos, empresariais e jornalísticos em Cuiabá, Edivaldo de Sá tem bom trânsito nas esferas do poder, condição essa que muito favorece ao homem público.

A postagem

NORTELÂNDIA – Edivaldo de Sá quer ser prefeito de uma cidade que nasceu do garimpo do diamante, que começou a ser garimpado naquela região em 1815 e que resultou numa vila chamada Santana dos Garimpeiros, à margem do rio Santana, formador do rio Paraguai. O município tem atípica origem legal. Em 11 de dezembro de 1953 foi emancipado com o nome da antiga vila, Santana dos Garimpeiros, e em 16 do mesmo mês e ano, novamente ganhou autonomia administrativa com a denominação atual: Nortelândia, que pravaleceu e desqualificou a anterior.

O nome Nortelândia foi escolhido em homenagem à base populacional garimpeira, formada em sua grande maioria por nordestinos, que à época, erroneamente, eram chamados de nortistas. O garimpo, a exemplo do que aconteceu nos demais municípios garimpeiros, se exauriu em meados dos anos 1990, período em que também sofreu forte pressão ambiental – o mesmo aconteceu com Alto Paraguai, Arenápolis, Santo Afonso, Nova Marilândia, Diamantino, Tesouro, Guiratinga, Poxoréu, Alto Garças, Paranatinga e as cidades à margem do rio Araguaia, entre Alto Araguaia e Araguaiana. Atualmente a economia é diversificada e a cidade é centro de prestação de serviço e polo varejista.

Eduardo Gomes – Boamidia

FOTOS:

1 – Arquivo Boamidia

1 – Reprodução da página de Edivaldo de Sá no Facebook





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/434679/visualizar/