Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Quarta - 25 de Março de 2020 às 11:09
Por: Thalyta Amaral/Gazeta Digital

    Imprimir


O governador Mauro Mendes (DEM) rebateu a fala do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a restrição de convívio social por causa da pandemia do coronavírus. Na manhã desta quarta-feira (25), Mendes afirmou que irá continuar "a restringir o convívio social".

Durante comunicado em rede nacional na noite de terça-feira (24), Bolsonaro pediu o fim do "confinamento em massa" e a "volta à normalidade", não só nas empresas, mas também das escolas, porque a maioria dos casos fatais são em idosos. Disse ainda que se fosse contaminado teria uma "gripezinha".

Através de sua assessoria, Mauro afirmou que a restrição do convívio social continuará e que o governo prepara "toda a estrutura necessária para atender aos possíveis doentes do coronavírus".

Mesmo com a recomendação de que se evite sair de casa, o governador concordou, em parte, com o discurso do presidente. "Não iremos proibir nenhuma atividade econômica essencial, desde que haja devida obediência às regras sanitárias".

O rigor das medidas tem sido ponto de discórdia entre o Estado e a Prefeitura de Cuiabá. Enquanto o município determinou o fechamento de todo o comércio, exceto farmácias, mercados e postos de combustíveis, Mendes defende medidas mais brandas, com cuidados de higiene mais rígidos.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/434752/visualizar/