Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Domingo - 29 de Março de 2020 às 08:07
Por: Max Aguiar/Olhar Direto

    Imprimir


O governador Mauro Mendes (DEM) e o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, estiveram na manhã deste sábado (28) no canteiro de obras da nova parte do Hospital Metropolitano, que está sendo construída para tratar, inicialmente, de pacientes infectados pelo coronavírus.


O modelo do projeto prevê a montagem das paredes com painéis isotérmicos, o mesmo utilizado nos hospitais da China, uma estrutura eficiente de fácil montagem e que otimiza o tempo de obra. O valor do investimento é estimado em R$ 2,5 milhões. A compra dos materiais será realizada diretamente com a fábrica, reduzindo assim o custo.



Mendes garantiu que as obras estão sendo tocadas 24h por dia e em menos de três semanas a construção estará pronta. Atualmente, o espaço possui 60 leitos e o governador intensifica a mensagem de que essa estrutura jamais será desmanchada. Após o controle da pandemia, a unidade de saúde continuará a receber pacientes com outras patologias de todos os cantos de Mato Grosso.



"Tem muita gente trabalhando aqui. Vamos trabalhar hoje, a noite, amanhã. Vamos trabalhar direto para que possamos em breve entregar os 200 leitos definitivos. É importante dizer para a população que não estamos construindo uma tenda. Estamos fazendo instalações definitivas. No máximo em três semanas vamos entregar à população. Vale dizer que esse espaço será dedicado exclusivamente para pacientes com em casos graves que vão demandar internação", disse o governador.



O secretário Gilberto Figueiredo também falou sobre a construção do espaço no Hospital Metropolitano e garantiu obras também em outras cidades de Mato Grosso para tratar pacientes que vieram a ter o novo coronavírus.



"Assim como aqui no Metropolitano, estamos com obras em Rondonópolis, Sinop, Alta Floresta, Cáceres, Sorriso e Colider. Todos empenhados para garantir aos pacientes um tratamento de qualidade para enfrentar esse desafio que é a pandemia do coronavírus", declarou.



Por último, Mendes confirmou que está sendo muito difícil comprar equipamentos de ventilação mecânica para tratar do novo coronavírus. Porém, alguns membros do Governo do Estado estão na China e em outros países da Ásia, em busca de compra diretamente na fábrica, para agilizar entrega em Mato Grosso. "Precisamos acelerar e nos preparar para tratar dessa pandemia", disse o governador.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/434858/visualizar/