Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Noticias da TV
Segunda - 01 de Junho de 2020 às 05:51
Por: Andhressa Barboza/RD News

    Imprimir


Festas clandestinas em Cuiabá durante a pandemia da Covid-19 são destaque na edição do Fantástico da Rede Globo nesse domingo (31). Com 747 casos confirmados na Capital e 10 mortes pela doença, as comemorações foram consideradas “símbolos de desrespeito às recomendações das instituições de saúde”. Só no último final de semana foram 6 mortes em MT.

A reportagem mostra que grupos se formam secretamente, "tudo no sigilo", e as festas são organizadas por meio de em aplicativos de mensagens. Em uma delas, que teria ocorrido na Capital, jovens aparecem bebendo e dançando, todos sem máscara.

O decreto estadual que proíbe a realização de festas é o de Nº 419, de 20 de março. Cuiabá tem feito restrições à circulação de pessoas também desde março e em maio deu início à retomada das atividades econômicas com a reabertura do comércio, seguindo recomendações de higiene.

As festas ainda estão proibidas também por decisão municipal e o uso obrigatório de máscaras é obrigatório. O valor da multa é de R$ 80 por pessoa sem máscara.

No último boletim da Secretaria de Estado de Saúde, foram registradas 5 mortes por Covid-19 neste domingo (31) e Mato Grosso já registra 63 óbitos. Não resistiram à doença um homem, diabético e hipertenso, de 52 anos, da Capital. Um caminhoneiro de Rondonópolis, 64, que morreu 5 dias após dar entrada no hospital. E também moradores Várzea Grande e Chapada dos Guimarães, além de Sinop (a 500 km de Cuiabá).

Duas cidades vizinhas a Cuiabá, Várzea Grande e Chapada dos Guimarães, tiveram óbitos no último domingo. Em Chapada, morreu um sitiante, da comunidade do Rio da Casca. A esposa dele já havia falecido por Covid-19, a família não sabe como ambos foram infectados.

Dos 2.485 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.567 estão em isolamento domiciliar e 696 estão recuperados. Há ainda 159 pacientes hospitalizados, sendo 78 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 81 em enfermaria.

Veja a matéria completa aqui.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/436049/visualizar/