Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Terça - 30 de Junho de 2020 às 05:52
Por: Andhressa Barboza/RD News

    Imprimir


Fablício Rodrigues

Os aprovados no concurso para o sistema socioeducativo não devem ser chamados esse ano. O secretário de Segurança Pública Alexandre Bustamante, considera que “não é o momento de nomear” os 31 aprovados no concurso de 2019.

“O Estado vai fazer estudo, está sendo feito um planejamento e não vou fazer promessa pra ninguém. Sei o sofrimento, todo mundo estuda muito para o concurso. De forma responsável vai nomear assim que for necessário”, disse em entrevista ao RDTV nessa segunda (29).

Bustamante chegou a ser cobrado dos deputados da Assembleia na semana passada, quando foi convocado para dar esclarecimentos sobre a atuação da segurança. Na ocasião, afirmou que o Estado vai realocar recursos para chamar os concursados e pediu apoio dos parlamentares na análise do orçamento para 2021.

O teto de gastos da Sesp é R$ 3,2, superior ao do ano anterior, quando o teto chegou a R$ 3,1 milhões, pois estaria levando em consideração a soma dos orçamentos da nova estrutura da Sesp.

Aguardam serem chamados os aprovados no concurso de 2019, que destinava 31 vagas para agentes do sistema socioeducativo (nível médio) e agente de segurança socioeducativo (nível superior).

“É um concurso de cadastro de reserva, quando o Estado entender que há necessidade, serão chamados, mas ainda não é o momento. Também não quero ser mal entendido, estamos planejando, sei que é uma dificuldade”.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/436686/visualizar/