Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quarta - 07 de Abril de 2021 às 12:42
Por: Uol

    Imprimir


O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan e considerado um dos principais apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), perdeu US$ 900 milhões (ou cerca de R$ 5 bilhões, na cotação atual) de sua fortuna em apenas um ano, de acordo com o ranking de pessoas mais ricas elaborado pela Forbes norte-americana. Hang ocupa a posição 1.174 no ranking mundial.

Em um ano, a fortuna do empresário caiu de US$ 3,6 bilhões (R$ 20,2 bilhões) para US$ 2,7 bilhões (R$ 15,1 bilhões).

Hang apareceu pela primeira vez no ranking da revista em 2019, quando tinha fortuna estimada em US$ 2,9 bilhões (R$ 16,3 bilhões). No mesmo ano, ele tinha aparecido pela primeira vez também no ranking mundial da revista, na 1.057ª posição.

O bilionário ficou bastante conhecido por ser um dos maiores apoiadores de Bolsonaro, desde a campanha eleitoral de 2018.

Em 2020, a varejista criada em Santa Catarina por Hang contava com 147 lojas físicas, conhecidas por terem uma réplica da Estátua da Liberdade no estacionamento. No primeiro semestre do ano passado, a Havan teve prejuízo líquido de R$ 127,5 milhões, ante lucro líquido de R$ 193,9 milhões no mesmo período de 2019.

Em agosto, a empresa pediu o registro para lançar ações na Bolsa, mas acabou desistindo da operação.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/441926/visualizar/