Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Judiciário e Ministério Público
Quarta - 07 de Abril de 2021 às 15:18
Por: Arthur Santos da Silva/Olhar Direto

    Imprimir


Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

O promotor de Justiça Roberto Turin, membro do Ministério Público de Mato Grosso (MPE), abriu inquérito para investigar suposta aquisição irregular de um aparelho de ressonância magnética, em dezembro de 2017, cujo valor teria sido, em grande parte, pago antes mesmo do recebimento do bem pela Santa Casa de Cuaibá.

Segundo o MPE, abertura da investigação tem como base relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito conduzida pela Câmara Municipal de Cuiabá, que buscou irregularidades na Santa Casa em anos anteriores a 2019, quando atuava como entidade filantrópica e recebia recursos públicos para sua manutenção.

Entre os fatos noticiados na CPI, consta a suposta aquisição irregular de um aparelho de ressonância magnética, marca Siemens, modelo Essenza, ano 2011, em dezembro de 2017, cujo valor teria sido, em grande parte, pago antes mesmo do recebimento do bem pela Santa Casa.

A CPI teria apurado ainda que no ano de 2019 o referido equipamento não teria sido encontrado na unidade hospitalar, embora constasse na relação patrimonial da entidade.

Abertura de investigação data do dia 31 de março. A prefeitura de Cuiabá esclareceu que na época, apesar de realizar repasses à Santa Casa, não tinha responsabilidade sobre os fatos hoje investigados.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/441928/visualizar/