Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Judiciário e Ministério Público
Terça - 20 de Julho de 2021 às 08:01
Por: Arthur Santos da Silva/Olhar Direto

    Imprimir


O advogado Lauro José da Mata apresentou atualização de valores e requereu bloqueio em nome do ex-governador de Mato Grosso e atual delator premiado, Silval Barbosa. O político foi condenado a pagar R$ 60 mil em ação de arbitramento de honorários. Conforme Mata, o valor atualizado corresponde a R$ 86 mil e deve ser alvo de bloqueio por ter caráter alimentar.


O advogado foi contratado em 2010 para apresentar defesa em uma representação que tramitou perante o Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Mato Grosso. Em decorrência da urgência daquela demanda e em relação a confiança entre as partes, o requerido acabou por não assinar o contrato de honorários que havia sido formalizado pelo autor.

Lauro José da Mata sustentou que ficou estabelecido entre as partes que os honorários advocatícios seriam pagos no montante de R$ 60 mil, levando em consideração a complexidade da causa e grau de relevância do objeto.



Ainda segundo o advogado, após a conclusão da causa com êxito, o requerido não adimpliu com o pagamento dos honorários convencionados. Mata tentou solucionar de forma consensual, todavia, em razão de que o ex-governador se envolveu em processos judiciais graves, não houve acordo.



Decisão da juíza Edleuza Zorgetti Monteiro da Silva, da 5ª Vara Cível de Cuiabá, que reconheceu a necessidade do pagamento foi estabelecida em 13 de julho. Requerimento de bloqueio do valor atualizado ainda deve ser examinado.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/444838/visualizar/