Repórter News - reporternews.com.br
Ciência/Pesquisa
Sexta - 27 de Julho de 2012 às 19:35

    Imprimir


Reprodução
Transplante de células-tronco pode ter curado dois homens com HIV
Transplante de células-tronco pode ter curado dois homens com HIV

Um estudo divulgado em Washington nesta semana, durante a 19ª Conferência Internacional da Aids, afirma que dois homens com HIV não apresentaram sinais do vírus no período de oito e 17 meses, respectivamente, depois de receber transplantes de células-tronco devido a uma leucemia.

A pesquisa feita por Daniel Kuritzkes, professor de medicina do Hospital Brigham and Women, em Massachusetts, traz a possibilidade de que os dois homens estejam livres do HIV.

De acordo com os cientistas, as células-tronco transplantadas repovoaram o sistema imunológico dos pacientes e os traços de HIV foram perdidos. Após receberem a medula de doadores, foi mantido o tratamento com antirretrovirais. Isso permitiu que as células doadas não fossem infectadas e criou ainda defesas imunitárias.

Atualmente, de acordo com o estudo, não há traços de HIV no DNA, RNA ou ainda no sangue dos homens que serviram de cobaia. De acordo com a pesquisa, o próximo passo será determinar a existência de HIV nos tecidos.

Os dois casos são diferentes do famoso "paciente de Berlim", o americano Timothy Brown, que se considera curado do HIV e da leucemia após receber um transplante de médula óssea de um raro doador que possuía resistência natural ao HIV (sem receptor CCR5, que age como porta de entrada do vírus nas células).

Tratamento experimental
Brown, 47 anos, um ex- HIV positivo de Seattle, nos EUA, ficou famoso depois de passar por um novo tratamento de leucemia com células-tronco de um doador resistente ao HIV e desde então não apresenta traços do vírus.

Depois de 2007, Brown passou por dois transplantes de alto risco de medula óssea e seus testes continuam a indicar negativo para o HIV, impressionando os pesquisadores e oferecendo perspectivas promissoras sobre como a terapia genética pode levar à cura da doença.

"Eu sou a prova viva de que pode haver uma cura para a Aids", disse Brown em uma entrevista. "É maravilhoso estar curado do HIV". Brown parecia frágil quando se reuniu com jornalistas durante a XIX Conferência Internacional sobre a Aids, o maior encontro mundial sobre a pandemia, realizada durante esta semana na capital americana.

O transplante de medula óssea é delicado e um a cada cinco pacientes não sobrevive. Mas Brown afirma que apenas sente dores de cabeça ocasionais. Também disse estar consciente de que sua condição gerou polêmica, mas negou as afirmações de alguns cientistas que acreditam que ele pode ter traços de HIV no corpo e que pode contaminar outros. "Sim, estou curado", declarou. "Sou HIV negativo".

Prazo de vida
Brown estudava em Berlim quando descobriu ser HIV positivo, em 1995. Na época, deram-lhe dois anos de vida. Contudo, um ano depois, apareceu no mercado a terapia antirretroviral combinada, que fez com que o HIV deixasse de ser uma sentença de morte e passasse a uma doença controlável por milhões de pessoas em todo o mundo.

Brown tolerou bem as drogas, mas com fadiga persistente visitou um médico em 2006 e foi diagnosticado com leucemia. Passou por quimioterapia, o que lhe causou uma pneumonia e uma infecção que quase o matou.

A leucemia voltou em 2007 e seu médico, Gero Heutter, cogitou um transplante de medula óssea com um doador que tinha uma mutação do receptor CCR5. Pessoas sem este receptor parecem ser resistentes ao HIV, porque não têm a porta através da qual o vírus entra nas células. Mas essas pessoas são raras: cerca de 1% da população do norte da Europa.

A nova técnica pode ser uma tentativa para curar o câncer e o HIV, ao mesmo tempo.
Brown foi submetido a um transplante de medula óssea com células-tronco de um doador com a mutação CCR5. Ao mesmo tempo, parou de tomar antirretrovirais. No fim do tratamento o HIV não foi mais identificado em Brown. Mas sua leucemia retornou, e por isso foi submetido a um segundo transplante de medula em 2008, utilizando as células do mesmo doador.

Brown afirmou que sua recuperação da segunda cirurgia foi mais complicada e o deixou com alguns problemas neurológicos, mas continua curado da leucemia e do VIH. Quando perguntam se acredita em um milagre, Brown hesita. "É difícil dizer. Depende de suas crenças religiosas, se você quer acreditar que foi a ciência médica ou que se trata uma intervenção divina", disse. "Eu diria que é um pouco dos dois".

*Com informações da France Presse






Comentários (3) Faça um comentário

  • Lucy
    Usa, Texas - TX
    Estou surpreso e ainda chocado com o grande milagre que aconteceu na minha família, meu marido estava com câncer e eu ter sido a vários hospitais e I foram testados HIV positivo no ano passado em outubro e meu marido era HIV negativo Fiquei tão surpreso porque eu ainda estava doente na época e que nos levam para o hospital, mas o médico confirmou que ele tinha problemas renais. desde que gastaram dinheiro em torno de obter drogas a partir do hospital diferente, eu estava olhando através da internet para obter ajuda quando eu vi um comentário de pessoas falando sobre como Dr. Anthony Odia ajudou a curar sua doença HIV e outras doenças, I don 't acreditar, mas eu basta escolher a experimentar as ervas e entrei em contato com ele pelo e-mail (odincurahiv@gmail.com) e me disse o que fazer, mesmo que o meu foi mais estressante do que o meu marido que tinha câncer em que diferentes ervas foi enviado para nós. Para minha surpresa, meu marido e eu esperei pacientemente para o tratamento e as instruções dadas a nós por este homem chamado Odia e fomos para um exame médico eo resultado foi negativo e meu marido reconfirmou e foi muito correto que o câncer também foi ido, mesmo o nosso médico estava confuso, ele disse que nunca tinha visto o tipo de milagre antes. Dr. Anthony Odia muito obrigado pelo bom trabalho em nossas vidas e Deus irá abençoá-lo para o bom trabalho que você fez. você também entrar em contato com a grande e poderoso homem, se você tem um problema, você pode chamar +2349032913215. enviar e-mail me se não pode chegar lucyawuah5@gmail.com ele.

    Terça - 02 de Junho de 2015 às 08:00h Responder
  • Angela
    Usa, Texas - HO
    Houve um monte de dúvidas sobre a cura da aids hiv, eu também duvidavam, mas agora eu acredito que o milagre que eu recebi também pode ser de grande ajuda para o mundo e as vítimas do HIV / SIDA. Meu nome é Angela meu email é angelafreemane@gmail.com eu vivi com este vírus mortal por mais de um ano, meu marido descobriu que nós éramos ambos HIV positivo, que nos fez deprimido. Nós tentamos por todos os meios para viver nossas vidas, apesar de esta coisa em nosso corpo. Até que nós tropeçamos mediante esta poderosa herbalista que retratou uma cura para o vírus. No início, estávamos céticos, mas meu marido insistiu em dar-lhe uma tentativa e pedimos para algumas de suas ervas e algumas semanas após a conclusão do processo do herbalista, fomos para um teste como indicado pelo médico, fomos sobrecarregado com felicidade quando recebi os resultados na clínica que meu marido e eu agora são HIV negativos. A taxa de vírus no corpo caiu em algumas semanas estávamos completamente cicatrizado .. A coisa mais importante é para você ser curado, se você quer saber sobre este fitoterapeuta chamá-lo de agora em diante +2349032913215 ou e-mail: ODINCURAHIV@GMAIL.COM Deus te abençoe.

    Quarta - 05 de Novembro de 2014 às 12:21h Responder
  • Katarina
    Estou Senhora Katarina Ivanov da região de Saratov, na Rússia eu quero dar graças ao grande Dr. Ogbaide que me ajudar na mudança de HIV + para HIV-. meu médico me disse que eu tenho apenas 3 anos de vida o que realmente tornou-se o meu problema. Um dia, quando eu estava navegando pela internet, eu vi um post testemunho por miss Angela da Espanha sobre a forma como o grande Dr. Ogbaide a ajudou a obter a cura com ervas poderosas e poder sobrenaturais, eu decidir enviar-lhe e, para minha maior surpresa tudo meu problema foi resolvido e agora estou HIV-negativo eu dou as grandes graças Dr. Ogbaide para o que ele fez para mim e estou muito feliz que ele viva por muito tempo. se você tem qualquer problema apenas e-mail dele: dr.ogbaidecures@live.com eu acredito que ele também irá ajudá-lo e que Deus o abençoe

    Terça - 28 de Janeiro de 2014 às 16:27h Responder

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/45138/visualizar/