Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Quinta - 14 de Junho de 2012 às 06:05

    Imprimir


Assessoria/Polícia Civil
Materiais apreendidos durante operação em MT
Materiais apreendidos durante operação em MT

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (13) seis integrantes de uma quadrilha que atuava em furtos a residências, na fronteira Oeste de Mato Grosso. De acordo com a polícia, cinco dos presos eram fugitivos do Presídio Ferrugem, em Sinop, localizado a 500 km de Cuiabá. A fuga ocorreu em maio deste ano, quando 36 presos conseguiram escapar da prisão por um túnel.

A operação denominada “Mordaça” foi coordenada pelas Delegacias da Polícia Judiciária Civil de São José dos Quatro Marcos, Mirassol D’Oeste e Araputanga distantes 315, 300 e 345 km de Cuiabá, respectivamentes.

No município de Mirassol D´Oeste, dois dos presos foram autuados depois de fugirem da abordagem policial no centro da cidade. Os policiais perseguiram um veículo ocupado pelos suspeitos, que foi abandonado em uma estrada. Em seguida, os suspeitos entraram em um matagal e foram presos à noite quando seriam resgatados pelos demais integrantes da quadrilha.

Já em Araputanga foram presos outros cinco suspeitos. Eles foram localizados em uma residência utilizada como base para as práticas criminosas.

Os policiais encontraram também duas motocicletas roubadas, uma na cidade de Porto Esperidião e outra na cidade de Rio Branco, dois notebooks, diversos materiais roubados de diversas vítimas da região como equipamentos eletrônicos, roupas, joias, celulares. Na casa também foram apreendidos dois revólveres, armas utilizadas nas práticas dos assaltos.

Em poder dos suspeitos foi apreendido ainda um veículo com placa de Goiás e uma motocicleta placa de Mirassol D’Oeste, utilizados no deslocamento e apoio durante as atividades criminosas.

Conforme o delegado Dermeval Aravechia de Resende, a quadrilha estava aterrorizando a região de fronteiras nas ações criminosas. O delegado disse que os presos foram autuados nos crimes de roubo, formação de quadrilha, posse ilegal de arma de fogo, desobediência e favorecimento real. “Procedimento este que só foi possível devido a realização de pelo menos 72 horas ininterruptas de trabalhos investigativos de monitoramento e campanas, já que os suspeitos, agora presos, se deslocavam com muita facilidade de uma cidade para outra para praticar os crimes”, ressaltou o delegado que coordenou toda a operação.

A Polícia Civil acredita que a quadrilha tenha cometido no mínimo dez roubos na região, entre assaltos a residência e veículos. Todos os presos foram encaminhados à Cadeia Pública local.

Fuga
Segundo a Assessoria da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), a Polícia Civil deve continuar à procura dos outros 12 presidiários que fugiram em maio do presídio Osvaldo Florentino Leite (conhecido como Ferrugem), que fica na cidade de Sinop. De acordo com a Sejudh, com a captura ocasional de cinco presidiários na operação, sobe para 24 o número de presidiários que foram recapturados.





Fonte: Do G1 MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/49415/visualizar/