Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quinta - 24 de Outubro de 2013 às 07:12

    Imprimir


O ex-chefe do crime organizado em Mato Grosso, João Arcanjo Ribeiro, está na Penitenciária Central do Estado (PCE), maior unidade prisional de Mato Grosso, em Cuiabá, onde aguarda para participar, nesta quinta-feira (24), do júri popular pela morte do empresário Domingos Sávio Brandão de Lima Junior, dono do jornal Folha do Estado. Arcanjo deixou a Penitenciária Federal de Porto Velho, Rondônia, e chegou à capital mato-grossense nesta quarta-feira (23), conforme a Polícia Federal.

Ele desembarcou em voo comercial e a escolta foi realizada por agentes do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), também por equipes de segurança do estado. O julgamento deverá iniciar às 8h e não há previsão de horário para encerramento, segundo o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT). O juiz Marcos Faleiros da Primeira Vara Criminal da Comarca de Cuiabá é quem vai presidir o júri.

Para a audiência a segurança no Fórum foi reforçada e contará com tropas de elite da Polícia Militar. O Poder Judiciário informou que o reforço é feito por policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) e até do esquadrão antibomba.
o controle de acesso ao local também será intensificado e a entrada na sala do Tribunal do Júri será restrita.

Sávio Brandão de Lima Júnior foi assassinado com sete tiros de pistola 9mm no dia 30 de setembro de 2002, em frente à obra da nova sede do jornal Folha do Estado, no Bairro Consil, em Cuiabá. Esta será a primeira vez que Arcanjo enfrentará um júri popular. Ele vai ser julgado por homicídio duplamente qualificado – motivo torpe e impossibilidade de defesa da vítima. O réu negou, durante todo o processo, qualquer envolvimento com o crime.





Fonte: Do G1 MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/6207/visualizar/